Ponte terá mudanças no Paraná

A Ponte Preta não vai mudar o esquema, mas terá mesmo várias mudanças para enfrentar o Paraná, domingo à tarde, em Curitiba. O técnico Estevam Soares testou as mudanças no coletivo realizado nesta quinta-feira à tarde no gramado do estádio Moisés Lucarelli. A estréia do volante Flávio, ex-Internacional-Rs, está confirmada. O técnico ficou satisfeito com o rendimento de Flávio nos últimos dois jogos-treinos diante do Guaçuano e Primavera. O mais importante é que o jogador suportou bem os 90 minutos, provando que já está num ritmo bom de jogo. "Eu só disputei um jogo oficial em dezembro do ano passado", lembra Flávio, animado em estrear no time campineiro. Estevam Soares também está animado "porque o time ganha qualidade no passe, o que dá mais velocidade na saída de bola e no contra-ataque". Flávio vai entrar na vaga de Ângelo, que recebeu o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com o Coritiba, domingo, em Campinas. Outra novidade será a volta do volante e capitão do time, Marcus Vinícius, que na quarta-feira à noite, foi absolvido pelo STD no Rio por sua expulsão diante do Palmeiras. Ele vai entrar no lugar de Terrão. Quem não teve a mesma sorte foi o lateral-esquerdo Bill que pegou dois jogos de suspensão e terá que ficar mais um fora do time. Em seu lugar será mantido Alan, de características de marcação. "Perdemos um pouco no ataque, mas ganhamos na defesa", avalia Soares. No ataque, outra mudança confirmada. Pela primeira vez, o centroavante Flávio Guilherme terá a chance de começar jogando. Ele entrará no lugar de Anselmo, que não marcou gol em seis jogos. Depois do bom rendimento dos jogadores no coletivo, Estevam resolveu marcar um treino leve para sexta-feira cedo e dar folga à tarde. No sábado, a delegação embarca cedo para Curitiba. A Ponte soma 11 pontos e ocupa a sexta posição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.