Ponte vai priorizar a marcação na Vila

O técnico Nenê Santana prepara um esquema defensivo para segurar o vice-líder Santos, sábado à tarde, na Vila Belmiro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. No seu primeiro treino com bola, na tarde desta terça-feira, ele deu mostras de que vai retrancar o time, usando o esquema 3-6-1. O argumento é de que desta maneira o time venceu duas vezes fora de casa: o Juventude, por 2 a 1, e o Figueirense, por 1 a 0."Nosso time se dá bem jogando desta maneira", confirmou o técnico, lembrando que nos jogos em casa é muito difícil usar este esquema por falta de compreensão da torcida. "Ela não aceita ver o time na defesa". Mas como o jogo será em Santos, nada o impede de colocar na defesa. O time terá três zagueiros: Alexandre, Gustavo e Marcus Vinícius, dois alas, André Cunha e Bill, além dos meiocampistas Ricardo Conceição, Romeu, Lindonar e Danilo. No ataque ficará apenas um jogador isolado: Roger, mais de área, ou o velocista Alecsandro.Nenê Santana, porém, não quis confirmar o esquema e nem o time alegando que fará outras experiências nos próximos treinos.Mas acha que desta forma, a Ponte pode evitar a terceira derrota seguida, uma vez que perdeu para o Cruzeiro, por 5 a 0, e para o São Paulo, por 1 a 0. A Ponte vai defender a oitava posição, com 53 pontos, de olho na 37ª rodada quando enfrentará o seu maior rival: o Guarani.

Agencia Estado,

12 de outubro de 2004 | 19h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.