Ponte vence e enterra a Inter

A Ponte Preta teve muita dificuldade, mas conseguiu vencer a Inter de Limeira, neste domingo à tarde, por 2 a 0, em Campinas, e respira um pouco mais aliviada no Rebolo que vai apontar os rebaixados para a segunda divisão do futebol paulista. Mesmo com um jogador a menos durante todo o segundo tempo, a Ponte marcou seus dois gols no final do jogo e deixou o adversário em péssima situação - ainda não somou ponto em três jogos. Com sete pontos, a Ponte está quase livre do rebaixamento.Não só pelo retrospecto como pela tradição, a Ponte Preta iniciou o jogo tomando as iniciativas ofensivas. A Internacional, armada no esquema 3-5-2, não descuidava da defesa e, nitidamente, só iria esperar os contra-ataques. A Ponte quase abriu o placar aos nove minutos, com uma cabeçada de Sérgio Alves que mandou a bola na trave. Num dos raros ataques da Inter, Galego quase marcou ao chutar forte e rasteiro na trave esquerda do goleiro Alexandre Negri. Em seguida, Elivélton, com dores nas costas, foi substituído por Luizinho Vieira. Pouco depois a Ponte perde o meia Piá. O jogador foi expulso ao revidar uma falta de Ferreira.A equipe campineira voltou para o segundo tempo com o volante Ângelo no lugar do meia Adrianinho, o que provocou a ira da torcida e vaias para o técnico Abel Braga. O time de Limeira se manteve cauteloso no início da segunda etapa mas, aos poucos, foi tomando coragem. O técnico Vica tentou dar força ofensiva ao time e resolveu colocar o atacante Maranhão no lugar do volante Mineiro. E por pouco Maranhão não marca. Aos 28 minutos ele acertou um belo chute de longa distância e a bola acertou o travessão.Mas o castigo veio em seguida. Num dos poucos lances ofensivos, aos 37 minutos, a Ponte abriu o placar com Luizinho Vieira. O gol começou com o cruzamento de Luciano Baiano para a cabeçada de Luizinho, com a defesa parcial do goleiro André. No rebote o próprio Vieira completou para as redes abrindo o caminho para a vitória. Três minutos depois, Luciano Baiano fez outro cruzamento perfeito para o complemento de Fabrício Carvalho para colocar números finais ao jogo. Ficha Técnica Ponte Preta: Alexandre Negri; Luciano Baiano, Gabriel, Luis Carlos e Ronildo; Fabinho, Piá, Adrianinho (Ângelo) e Elivélton (Luizinho Vieira); Fabrício Carvalho e Sérgio Alves (Vaguinho). Técnico: Abel Braga. Internacional: André; Rogério, Rafael e Ronald(Fábio Lopes); Mantena, Anderson, Mineiro (Maranhão), Silas e Galego; Valdson e Ferreira (Fabinho). Técnico: Vica.Gols: Luizinho Vieira aos 37 minutos e Fabrício Carvalho aos 40 minutos do 2o tempo. Juiz: Tadeu Bosco da Cruz.Cartão amarelo - Ronald, Mineiro, Rafael, Silas, Rogério, Fabinho (Ponte) e Fabrício Carvalho.Cartão vermelho - Piá. Local - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.