Ponte vence o Santo André e se consolida entre os melhores do Paulistão

SANTO ANDRÉ - A Ponte Preta segue crescendo de produção no Campeonato Paulista e, neste sábado à noite, fez mais uma vítima. Mesmo atuando fora de casa, o time campineiro bateu o Santo André, por 2 a 0, pela décima rodada. Essa foi a quinta vitória seguida atuando longe de seus torcedores: quatro pelo estadual e uma pela Copa do Brasil.

AE, Agência Estado

26 de fevereiro de 2011 | 20h56

O resultado faz com que o time do ABC siga sem vencer no Paulistão, permanecendo na penúltima colocação, com apenas seis pontos. Enquanto isso, a Ponte Preta não sabe o que é derrota há nove jogos, com seis vitórias e três empates, chegando aos 18 pontos e subindo para a sexta posição, se consolidando no G-8 grupo de classificação.

No Estádio Bruno José Daniel, o primeiro tempo foi bastante fraco tecnicamente, principalmente pelo estado ruim do gramado. O Santo André tinha maior posse de bola, mas não conseguia chegar com perigo.

No primeiro chute a gol, aos 26 minutos, Ponte Preta abriu o placar. Renatinho cobrou falta com perfeição e acabou enganando o goleiro Neneca, que esperava o cruzamento. O time da casa quase empatou na sequência, em chute de Magno, mas Bruno fez boa defesa.

Assim como na primeira etapa, o Santo André tinha maior posse de bola na volta do intervalo e chegou a acertar a trave do goleiro Bruno, em chute de Allan. No entanto, a Ponte Preta aproveitou melhor uma das suas únicas oportunidades e fez o segundo. Aos 21 minutos, Everton Santos recebeu passe de Gil e bateu por baixo das pernas de Neneca.

Sem nenhum poder de reação, o time do ABC paulista pouco incomodou o sistema defensivo alvinegro. E amargou a sua terceira derrota, a primeira sob o comando de Sandro Gaúcho, que ocupou o lugar de Pintado.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela 11.ª rodada. O Santo André terá pela frente o Palmeiras. A Ponte Preta recebe o Americana.

SANTO ANDRÉ - 0 - Neneca; Anderson, Sandoval e Victor Hugo; Iran, Magno, Alan, Mário Jará (Alex Silva) e Valmir (Chiquinho); Rychely e Adriano Louzada (Igor). Técnico: Sandro Gaúcho.

PONTE PRETA - 2 - Bruno; Eduardo Arroz, Leandro Silva, Ferron e João Paulo; Mancuso, Josimar, Gil e Renatinho (Lucas); Márcio Diogo (Ricardinho) e Rômulo (Everton Santos). Técnico: Gilson Kleina.

Gols - Renatinho aos 26 minutos do primeiro tempo, e Everton Santos, aos 21 minutos do segundo tempo; Árbitro - Paulo Cesar Oliveira; Cartões amarelos - Mario Jará, Eduardo Arroz, João Paulo, Ricardinho, Sandoval e Lucas; Renda - R$ 11.325,00; Público - 733 pagantes; Local - Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP).

Veja também:

PAULISTÃO - tabelaClassificação | listaResultados

especialCALENDÁRIO - O caminho de cada time

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.