Victor Hafner/Ponte Press
Victor Hafner/Ponte Press

Ponte vira e encerra série de vitórias do Penapolense no Paulistão

Time de Campinas chega a 18 pontos e se aproxima da classificação

Agência Estado

22 de fevereiro de 2014 | 18h25

PENÁPOLIS - A Ponte Preta deu um grande passo para garantir a classificação à próxima fase do Campeonato Paulista. Na tarde deste sábado, na abertura da décima rodada, o time campineiro encerrou a sequência de vitórias do Penapolense ao vencer por 2 a 1, de virada, no Estádio Tenente Carriço, em Penápolis.

A Ponte, que vinha de vitória sobre o Linense, chegou aos 18 pontos, no Grupo C, abrindo três para o terceiro colocado, o São Bernardo, que enfrenta o Linense, neste domingo. O Penapolense, por outro lado, encerrou uma sequência de cinco vitórias seguidas, mas segue líder do Grupo A com 18 pontos.

Embalado pela boa sequência, o Penapolense começou com tudo e conseguiu abrir o placar logo aos oito minutos. Sem marcação, Guaru recebeu e acionou Douglas Tanque. O atacante ganhou na corrida e tocou na saída de Roberto, mesmo batendo mascado. Mesmo mascado o chute morreu no fundo das redes.

O gol acordou o time visitante, que conseguiu fazer pressão. Quem teve que aparecer foi o goleiro Samuel. Ele teve que fazer duas grandes defesas em finalizações de Magal e Ferrugem. Na reta final da primeira etapa, a partida ficou aberta. Mesmo jogando com três volantes, a Ponte deixava Guaru jogar com liberdade. Com isto, o camisa 10 seguia colocando os companheiros na cara do gol. Alex Créu teve oportunidade, mas finalizou em cima do goleiro Roberto.

No segundo tempo, o nível caiu consideravelmente. O Penapolense se fechou no campo de defesa e viu a Ponte começar a tocar a bola no campo de ataque, mas sem levar perigo a Samuel. Vendo a falta de criatividade e a inoperância no ataque, Vadão mexeu no time, colocando Antônio Flávio e Alef. As alterações deram resultado e a Ponte conseguiu a virada.

O empate saiu aos 19 minutos. César aproveitou cruzamento da direita e testou para o gol. Quatro minutos depois, os visitantes viraram. Ademir fez jogada individual pela direita, passou por dois marcadores e cruzou na cabeça de Antônio Flávio, que não desperdiçou. No final da partida, o Penapolense tentou reagir, foi à frente, mas não levou perigo a Roberto e a Ponte comemorou a segunda vitória dentro de casa.

Os dois times voltam a campo apenas no próximo dia 1º (domingo), às 18h30. Enquanto o Penapolense visita o Botafogo, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, a Ponte recebe o Oeste, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA:

PENAPOLENSE 1 x 2 PONTE PRETA

PENAPOLENSE - Samuel Pires; Rodnei, Jaílton, Luiz Gustavo e Rodrigo Biro (Fio); Liel, Washington (Neto), Petrus e Guaru; Alex Créu e Douglas Tanque (Rafael Ratão). Técnico: Narciso Santos.

PONTE PRETA - Roberto; Junio (Bida), César, Diego Sacoman e Magal; Bruno Silva (Alef), Fernando Bob, Ferrugem e Adrianinho (Antônio Flávio); Ademir e Silvinho. Técnico: Vadão.

GOLS - Douglas Tanque, aos 8 minutos do primeiro tempo. César, aos 19, e Antônio Flávio, aos 23 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Luiz Gustavo e Neto; Ferrugem, Bruno Silva, Fernando Bob e César.

ÁRBITRO - Philippe Lombard.

RENDA - Não divulgada.

PÚBLICO - 2.444 pagantes.

LOCAL - Estádio Tenente Carriço, em Penápolis (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.