Ponte volta a usar o esquema 4-4-2

Depois dos últimos insucessos em jogos amistosos, a Ponte Preta pode voltar a usar o esquema 4-4-2 no Campeonato Brasileiro, que começa dia 1º de agosto, diante do Flamengo, em Juiz de Fora (MG). O técnico Marco Aurélio Moreira parede disposto a abandonar a fórmula que vinha sendo testada, com apenas o artilheiro Washington atuando isolado no ataque.Dentro da velha armação, Elivélton deve voltar a ocupar a ala esquerda, no lugar de André Silva, ainda num ritmo menos intenso. No meio-campo, Adrianinho volta a ser titular no lugar de Piá, longe de sua forma física e técnica e ainda envolto a problemas disciplinares. Nesta semana, ele foi multado em 40% do seu salário por ter sido expulso num amistoso contra o são Caetano, vencido pelo time do ABC, por 4 a 1.A diretoria confirmou que o atacante Régis, afastado por indisciplina, não veste mais a camisa do time. Ele foi afastado do elenco depois de agredir o atacante Diego, da equipe de juniores, no treino de quinta-feira. Antes disso, o ?Pitbull?, como é chamado pela torcida, tinha agredido um torcedor na entrada do estádio Moisés Lucarelli. A diretoria deve, atendendo a Lei Pelé, negociar o passe do jogador ou apenas liberá-lo para procurar outro clube. É o início da nova filosofia dos diretores do clube que não vão tolerar mais nenhum ato de indisciplina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.