Por 3,8 mi de euros, Vasco vende Coutinho, 16, à Inter de Milão

O Vasco da Gama anunciou a vendapara a Inter de Milão do seu meio-campista Philippe Coutinho,de 16 anos, que ainda nem estreou entre os profissionais. Manuel Teixeira Rodrigues Fontes, diretor do clube carioca,disse que o negócio foi fechado no mês passado, ainda durante agestão de Eurico Miranda. O novo presidente, Roberto Dinamite,já alertou os agentes dos jogadores que o comportamento doVasco agora será diferente. "Assim que assumimos, soubemos da venda do PhilippeCoutinho", disse Fontes ao site do clube(www.crvascodagama.com.br). "Ele já havia sido vendido pelosdiretores anteriores para a Inter de Milão." De acordo com Fontes, o negócio foi fechado por 3,8 milhõesde euros, mas Coutinho ainda vai passar mais dois anos noVasco, se juntando ao clube italiano somente quando completar18 anos. O ex-atacante Dinamite, que substituiu o polêmico EuricoMiranda após 18 meses de disputa judicial, já anunciou que apartir de agora haverá "uma nova fase no Vasco" no que dizrespeito à venda de jogadores, especialmente dos mais jovens."Qualquer jogador das divisões de base é importante para oclube", afirmou ele. "Queremos construir um time forte. A parceria entre agentese o clube deve ser boa para ambas as partes. O jogador precisaficar o maior tempo possível no clube," explicou. Há alguns meses, o então presidente Eurico Miranda acusou oReal Madrid de fazer uma oferta por Coutinho à revelia doVasco. Ele disse na época que denunciou o Real à Fifa, alegandoque o clube espanhol havia tentado burlar as regras ao oferecerao pai de Coutinho um emprego que permitiria à família seradicar na Espanha legalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.