Divulgação/FDF
Divulgação/FDF

Por ato político, Fifa suspende presidente da Federação Dominicana de Futebol

Osiris Guzmán está impedido de exercer qualquer atividade relacionada ao futebol

Estadao Conteudo

04 Junho 2018 | 16h54

O Comitê de Ética da Fifa suspendeu nesta segunda-feira o presidente da Federação Dominicana de Futebol, Osiris Guzmán, por 90 dias. O mandatário da República Dominicana ficará impedido de exercer qualquer atividade relacionada ao futebol, em âmbito nacional e internacional.

+ Adversária do Brasil, Sérvia oficializa 23 convocados para Copa

+ Cristiano Ronaldo se apresenta e já treina com a seleção de Portugal

+ Zenit é punido pela Uefa por racismo de torcida durante jogo da Liga Europa

Dessa maneira, Osíris Guzmán não poderá assistir aos jogos da Copa do Mundo na Rússia e participar das reuniões da entidade em Moscou. A Fifa informou que a suspensão se mantém em vigor enquanto é realizada uma investigação sobre o dirigente, que permitiu o uso das instalações da federação de futebol de seu país para um evento político, o que é proibido.

As regras da entidade máxima do futebol exigem que federações nacionais de futebol se mantenham neutras quanto a questões políticas e religiosas. Em 2011, Osíris Guzmán cumpriu uma suspensão de 15 dias como consequência de uma investigação sobre suborno nos votos de eleitores caribenhos na eleição presidencial da Fifa.

Em reunião da Concacaf, em 2015, Osíris Guzmán chegou a comparar o então presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, com importantes líderes políticos como o sul-africano Nelson Mandela e o inglês Winston Churchill.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.