JF Diorio,/Divulgação
JF Diorio,/Divulgação

Por comportamento da torcida, Osorio diz que prefere a Copa do Brasil

Público de 23 mil torcedores viu vitória do São Paulo sobre o Vasco

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

24 de setembro de 2015 | 10h09

O técnico Juan Carlos Osorio, do São Paulo, mudou de opinião nesta quarta-feira e elogiou o comportamento da torcida na vitória por 3 a 0 sobre o Vasco, no Morumbi, pela Copa do Brasil. Na semana anterior o treinador havia criticado os são-paulinos pelas vaias no empate com a Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro, mas agora admitiu o ambiente melhorou e creditou a isso o fato de o jogo ser de um mata-mata.

O público de 23 mil presentes viu a equipe abrir vantagem nas quartas de final da Copa do Brasil e poder perder por até dois gols de diferença no confronto de volta, na semana que vem. "A torcida apoiou o time do princípio ao fim. A razão pela qual a torcida foi forte é a Copa do Brasil, então preferiria jogar sempre por esse torneio. Quando uma torcida apoia como foi, é muito importante para o time", disse na entrevista após o jogo.

Osorio agradeceu aos são-paulinos em nome do elenco e reiterou que o foco do clube na temporada é a Copa do Brasil, por se tratar de um título inédito para o São Paulo. O time também disputa a vaga na Libertadores pelo Campeonato Brasileiro e tem pela próxima rodada o confronto com o Palmeiras, no Morumbi, compromisso em que pode poupar jogadores.

O técnico disse que a vitória contra o Vasco não pode acomodar o time para o jogo de volta, mas que o resultado é importante por ter premiado a produção ofensiva do time, ao contrário de outros jogos. "O placar não representou o jogo contra o Corinthians e Atlético-MG. Hoje tivemos a posse de bola e traduzimos em gol, o que é ótimo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.