Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Por descanso, Tite poupará titulares do Corinthians contra o XV

Alvinegros já estão de olho na Ponte Preta, adversário no estadual

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S. Paulo

06 de abril de 2015 | 08h17

Invicto há 22 partidas na temporada, o Corinthians já começa a dar sinais de cansaço. No clássico com o Santos, domingo, no Itaquerão, pela 14.ª rodada do Campeonato Paulista, o time saiu na frente no primeiro tempo, mas não manteve o ritmo na etapa final e levou o gol de empate. Por isso, Tite já avisou que vai escalar os reservas na quarta-feira, diante do XV de Piracicaba, no encerramento da primeira fase do torneio estadual.

"Há necessidade de eles descansarem, precisam humanamente de descanso, os que mais jogaram. Na quarta-feira, queremos jogar bem, mas aqueles que vem jogando há mais tempo é vital uma paradinha, senão estoura", disse o treinador.

Tite admitiu que já está de olho no confronto das quartas de final, contra a Ponte Preta, novamente no Itaquerão, onde a equipe não é derrotada há 29 partidas. "A Ponte é um time muito bem dirigido, já trabalhei com o Guto (Ferreira, técnico), sei das suas virtudes. A partir do momento que definiu isso, a gente está acompanhando mais de perto", avisou.

O Corinthians tem 36 pontos e a melhor campanha do campeonato. O time não pode mais ser alcançado nessa fase, o que lhe dará a vantagem de sempre decidir em casa no mata-mata se mantiver a liderança na pontuação nos próximos jogos. Como aos pontos da fase de grupos são somados também os resultados do mata-mata, o treinador faz questão de bater o XV de Piracicaba para manter boa vantagem sobre os adversários.

"A preocupação nossa é repetir o padrão quarta-feira, porque acredito que é um grupo que faz forte, e não apenas onze jogadores. Fizemos a melhor campanha rodando todo elenco, com Libertadores no meio, e isso é considerável", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoCorinthiansTite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.