Por doping, Fifa suspende jamaicano até maio de 2014

A Fifa anunciou nesta quinta-feira a suspensão do jogador jamaicano Jermaine Hue por nove meses depois que ele testou positivo para uma substância proibida em uma partida das Eliminatórias da Concacaf parta a Copa do Mundo de 2014. Além disso, a entidade baniu o médico Carlton Fraser, da seleção da Jamaica, por quatro anos do futebol, por ele ter administrado a substância proibida, a dexametasona.

AE-AP, Agência Estado

26 de setembro de 2013 | 14h57

Hue, um meio-campista de 35 anos, testou positivo em exame antidoping realizado após a derrota da Jamaica por 2 a 0 para a seleção de Honduras, no dia 11 de junho, em Tegucigalpa. A Fifa explicou que a suspensão de Hue expira em 6 de maio de 2014. Já a punição a Fraser é valida até 7 de agosto de 2017. Eles podem recorrer das punições.

A Jamaica está em último lugar no hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf, com quatro pontos somados em oito partidas, e tem chances apenas remotas de se classificar para a Copa do Mundo de 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFifadopingJermaine Hue

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.