Felipe Oliveira/EC Bahia
Felipe Oliveira/EC Bahia

Por fim de jejum fora de casa, Bahia joga completo na Vila Belmiro

Tricolor baiano tem semana movimentada, mas consegue evitar saídas de dois meias do time, Régis e Allione

Estadão Conteúdo

25 Agosto 2018 | 06h38

Após ver a série invicta de oito jogos de invencibilidade ser quebrada com a derrota para o Internacional, o Bahia agora vai buscar um resultado inédito no Campeonato Brasileiro: em 20 rodadas, o time não venceu nenhum jogo fora de casa. E neste sábado, às 16 horas, enfrenta o Santos na Vila Belmiro.

Em oito jogos longe de Salvador, o Bahia conquistou três empates, contra Chapecoense, Fluminense e Cruzeiro, acumulou cinco derrotas, para o próprio Internacional, Sport, Palmeiras, Flamengo e Paraná. Tem a segunda pior campanha como visitante, à frente apenas do próprio Paraná, lanterna da competição e que fez apenas um ponto fora de casa. Na classificação geral, aparece com 22 pontos em 11.º lugar.

Sem nenhum desfalque entre os titulares, o Bahia teve uma notícia inesperada que movimentou a semana. O Al Wehda, time do ex-técnico corintiano Fábio Carille, anunciou como reforço nas redes sociais o meia Régis, mas a transação não foi finalizada. Ele treinou normalmente e viajou com o restante do grupo para o litoral paulista, onde ficará como opção para o banco de reservas.

Uma boa notícia para o torcedor é o retorno do meia Allione. O jogador, que pertence ao Palmeiras, recebeu uma proposta do Racing e pediu para ser liberado, alegando que teria problemas pessoais para resolver na Argentina. Mas, de acordo com a direção de futebol, o argentino vai ser reintegrado na próxima semana e voltará a trabalhar com o grupo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.