Rahel Patrasso/Reuters
Rahel Patrasso/Reuters

Por Neymar, Barcelona oferece Coutinho, Dembélé e 40 milhões de euros e PSG recusa

Segundo jornal espanhol, clube francês quer mais dinheiro pelo atacante brasileiro

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2019 | 08h25

O Barcelona fez uma proposta oficial ao PSG para tentar contratar Neymar nesta janela de verão da Europa. De acordo com o jornal espanhol AS, o time catalão ofereceu Philippe Coutinho, Dembélé e mais 40 milhões de euros (R$ 168,7 milhões) pelo jogador brasileiro. Mas o clube francês considerou a oferta "ridícula".

A reportagem informa que o xeque Al-Khelaifi, que comanda o PSG, quer negociar o atacante, mas espera receber uma boa quantia financeira pela negociação. Vale lembrar que o time de Paris contratou Neymar há dois anos pagando 222 milhões de euros (R$ 936,4 milhões). Foi a contratação mais cara do futebol. 

O PSG só aceita abrir negociações com uma oferta de pelo menos 300 milhões de euros (R$ 1,26 bilhão). Ainda de acordo com o AS, o Barcelona não tem condições de pagar esse valor, já que acaba de contratar o francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid por cerca de R$ 500 milhões.

Nesta segunda-feira, Neymar se reapresentou ao Paris e teve uma reunião com o diretor esportivo do PSG, o ex-jogador Leonardo. Ele reafirmou que sua intenção é deixar o clube francês agora. Entretanto, os valores da transação dificultam um acerto e a tendência é que a situação ainda demore mais alguns dias ou semanas para ser definida. Enquanto isso, o jogador não deve participar dos jogos que o time está fazendo na pré-temporada. Neymar treina separadamente do elenco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.