Denise Andrade/ Estadão
Denise Andrade/ Estadão

Show de Zezé Di Camargo e Luciano faz Palmeiras jogar em Campinas. Entenda

Partida contra o Goiás será no interior do Estado, já que a arena estará reservada para evento corporativo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2019 | 18h21
Atualizado 05 de dezembro de 2019 | 16h52

Palmeiras x Goiás vão se enfrentar nesta quinta-feira, às 19h15 (horário de Brasília) pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Embora o time paulista seja o mandante do jogo, ele não poderá atuar no Allianz Parque porque o estádio estará sendo preparado para o show da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano, que cantará no dia 7, sábado, em evento corporativo. O jogo acontecerá no Brinco de Ouro, em Campinas. 

O show faz parte de um evento de empresa, em que apenas convidados estarão presentes. Como o show da dupla é feito em um palco grande e existe uma estrutura a ser montada para ele acontecer, a organização precisará de dois dias para deixar tudo pronto. Se a partida acontecesse nesta quarta-feira, seria possível jogar na arena. Como não é o caso, o Palmeiras mais uma vez deixará sua casa. Ocorre que o Pacaembu, utilizado pelo clube em situações parecidas, também tem problemas.

A CBF recomendou que o estádio municipal de São Paulo não fosse utilizado a fim de tentar diminuir a carga sobre o gramado. O Pacaembu tem sido utilizado constantemente para jogos tanto dos profissionais masculinos quanto de equipes femininas e categorias de base. Isso provocou, de acordo com os administradores e CBF, desgaste.  

Assim, o Palmeiras decidiu levar a partida para o Brinco de Ouro, em Campinas, a 100 quilômetros da Capital. Este será o primeiro jogo do time paulista após a demissão do técnico Mano Menezes e do diretor de futebol Alexandre Mattos. Com 68 pontos, o Palmeiras luta para retomar o segundo lugar  na competição, que hoje está nas mãos do Santos, com 71 pontos. 

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.