Por R$ 39 milhões, Romário poderá processar o Vasco

O ex-atacante Romário poderá processar o Vasco para reaver na Justiça cerca de R$ 39 milhões que o clube estaria devendo ao jogador. O valor se refere à direitos de imagem que o Vasco não teria pago ao atleta, que se aposentou neste ano. As informações são do jornal O Globo.A diretoria do Vasco reconheceram a dívida no ano passado e afirmaram que estavam saldando as parcelas ao jogador. No entanto, os advogados de Romário disseram que o clube interrompeu o pagamento em agosto. O clube alegou que parou de pagar devido aos problemas financeiros que está enfrentando. Apesar da crise, Romário diz que os novos contratos de patrocínio permitem ao Vasco saldar a dívida. As duas partes afirmaram que estão dispostas a chegar a um acordo. Porém, o advogado do jogador, Norval Valério, informou que o ex-atleta vai cobrar a dívida do clube no início do ano que vem, caso as parcelas não voltem a ser saldadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.