Divulgação
Divulgação

Por rojão, Ponte Preta é punida com perda de mais dois mandos de campo na Série B

Equipe tem crescido na série B, mas ainda tem campanha ruim como mandante

Estadão Conteúdo

05 Julho 2018 | 08h18

A Ponte Preta corre o risco ter o reencontro com a sua torcida adiada. Isso porque, nesta quarta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o clube de Campinas (SP) com a perda de dois mandos de campo por conta de um rojão atirado para dentro do gramado durante o empate contra o Oeste.

+ No Sul, Ponte Preta ganha por 2 a 0 e deixa o Figueirense fora do G4 da Série B

A partida, realizada no dia 2 de junho, era válida pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e aconteceu com os portões fechados porque era um dos seis jogos que a Ponte Preta cumpriu de punição pela invasão de alguns torcedores durante o duelo contra o Vitória, pelo Brasileirão do ano passado.

No entanto, logo depois que a Ponte Preta fez o gol de empate, um rojão foi atirado do lado de fora do estádio Moisés Lucarelli e caiu dentro do gramado, próximo a um dos bandeirinhas. O árbitro capixaba Dyorgines José Padovani de Andrade relatou na súmula e, além de perder mais dois mandos, o clube foi multado em R$ 10 mil.

A punição já vale para o jogo deste domingo, quando a Ponte Preta recebe o Fortaleza, às 18 horas, pela 14.ª rodada. No entanto, o departamento jurídico recorrerá alegando que as vendas dos ingressos começaram nesta quarta-feira e a procura dos torcedores foi grande.

A expectativa é de casa cheia para esse duelo porque a Ponte Preta vem crescendo de produção na competição e a diretoria fez uma promoção, vendendo os ingressos ao preço de R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Além do prejuízo financeiro, a falta de torcida refletiu dentro de campo. A Ponte Preta tem a segunda pior campanha como mandante na Série B - com uma vitória, dois empates e três derrotas. Na classificação geral aparece com 18 pontos, em oitavo lugar.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.