Por Tevez, MSI pede na Justiça US$ 14 milhões ao West Ham

Kia Joorabchian afirma que tinha 'acordo verbal' com o clube para receber pela transferência do argentino

Ansa,

05 de março de 2008 | 15h57

O iraniano Kia Joorabchian, do grupo MSI, que já foi dono do passe de Carlitos Tevez, pediu nos tribunais que o clube West Ham pague o equivalente a US$ 14 milhões (cerca de R$ 22 milhões) pela transferência do argentino ao Manchester United.   O ex-parceiro do Corinthians denunciou que o West Ham havia se comprometido verbalmente a devolver 2 milhões de libras esterlinas (cerca de US$ 4 milhões) exigidos pelo clube para liberar Tevez ao Manchester, em julho do ano passado.   Segundo Kia, o clube inglês também não pagou outros 4,5 milhões de libras por outras condições acordadas, o que eleva seu pedido a cerca de 7 milhões (equivalente a US$ 14 milhões).   O West Ham negou as acusações, em uma transferência que, na ocasião gerou fortes polêmicas, pois Tevez chegou ao futebol inglês pelo MSI, mas os regulamentos desse país estabelecem que os jogadores devem pertencer aos clubes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.