Por treino com titulares, Dorival só viaja no domingo para dirigir Santos reserva

Definido com a equipe de reservas para enfrentar o Vasco no domingo, o Santos viajou ao Rio de Janeiro neste sábado ainda sem Dorival Júnior. De olho na final da Copa do Brasil, o treinador permaneceu no litoral paulista para comandar a equipe titular em um treino na manhã de domingo.

Estadão Conteúdo

28 de novembro de 2015 | 19h05

Pela final da Copa do Brasil contra o Palmeiras, o time alvinegro venceu o jogo de ida por 1 a 0, em casa, com gol de Gabriel. A partida de volta acontece na próxima quarta-feira, no Allianz Parque.

Vasco e Santos se enfrentam pela 37.ª rodada do Campeonato Brasileiro às 17h de domingo, em São Januário. Enquanto o time carioca briga para não ser rebaixado, o paulista ainda tem chance matemática de entrar no G4.

Pelo time reserva, Geuvânio promete empenho para retornar à zona de classificação à Libertadores. "O Santos desligou no momento a chave da Copa do Brasil e ligou novamente no Brasileiro. A gente vem de uma derrota fora de casa, e, agora, precisamos somar pontos para poder voltar para o G4. Sabemos que é um jogo difícil contra o Vasco, mas precisamos ir com força máxima", comentou o atacante.

O santista tem a fórmula para furar o bloqueio do Vasco. "Nós vamos buscar os espaços na base da velocidade, mas claro que não vamos abrir mão de trabalhar a bola. Vamos trabalhar, impor nosso futebol e botar pressão também", afirmou.

No Brasileirão, o Santos soma 55 pontos e está na sexta posição. O Vasco, por sua vez, é o 18º colocado, com 37 pontos - três a menos que o Coritiba, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSantos FCGeuvânio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.