Port Elizabeth recebeu mais de 20 mil ingleses

Mais de 20 mil torcedores ingleses circularam por Port Elizabeth, uma das menores sedes da Copa do Mundo, causando alguns problemas e deixando um grande ganho financeiro para a cidade, que fica próxima ao Oceano Índico. Os organizadores locais estimam que 15 mil dos 36 mil torcedores que foram ao Estádio Nelson Mandela Bay na quarta-feira para ver a vitória da Inglaterra por 1 a 0 sobre a Eslovênia apoiavam a equipe vencedora.

AE-AP, Agência Estado

24 de junho de 2010 | 07h01

O impacto foi relatado pela imprensa local, que disse nesta quinta-feira que a cidade se tornou uma "pequena Grã-Bretanha". E o triunfo classificou a seleção inglesa às oitavas de final da Copa do Mundo, já que a equipe terminou a primeira fase da Copa do Mundo da África do Sul em segundo lugar no Grupo C.

Vishnu Naidoo, coronel comandante da polícia, disse que os torcedores da Inglaterra, muitos dos quais vão agora seguir com sua equipe para a partida de domingo contra a Inglaterra, em Bloemfontein, na sua maioria eram bem-comportados, exceto por relatos isolados de embriaguez após a partida.

"Não houve detenções e, exceto pelo fato de que houve muita folia, houve apenas alguns problemas", disse Naidoo, nesta quinta-feira. Agentes de segurança britânicos que viajaram com a seleção inglesa também não relataram nenhum incidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.