Porto conquista Copa de Portugal

O Porto não ficou sem festa na temporada de 2000-2001. A frustração provocada pela perda do título nacional para o rival Boavista foi compensada neste domingo com a vitória de 2 a 0 sobre o Marítimo que valeu a Copa de Portugal. O brasileiro Pena e o russo Alenichev garantiram o posse do troféu pela 11ª vez.A final no Estádio Nacional, em Lisboa, foi dominada pelo Porto. Mesmo assim, a primeira chance de gol foi do Marítimo, com chute de Quim que bateu na trave aos 7 minutos. O novo campeão respondeu aos 13, com o gol de Pena, que desviou de cabeça cruzamento de Capucho. O brasileiro. ex-atacante do Palmeiras, foi o artilheiro do Campeonato Português, com 22 gols, em seu primeiro ano de contrato.O Porto manteve o controle da partida, até consolidar o resultado com Alenichev, em definição forte, de fora da área, aos 35 minutos do segundo tempo. A partida marcou a despedida do técnico Fernando Santos e do volante paraguaio Paredes, que está acertando transferência para o Barcelona.Com a vitória deste domingo, o Porto iguala-se ao Sporting no número de títulos na Copa de Portugal. O Benfica, com 23 conquistas, lidera o ranking. O Marítimo perdeu, mas terá chance de participar da Copa da Uefa, já que o Porto prefere jogar a Copa dos Campeões. Como vice-campeão português, o clube tem direito de disputar a fase prévia da principal competição européia.

Agencia Estado,

10 de junho de 2001 | 18h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.