Porto conquista título da Liga dos Campeões

O futebol de Portugal ganhou ânimo extra, a três semanas da Eurocopa, torneio de seleções do qual será anfitrião. A euforia lusa foi garantida pelo Porto, que derrotou o Monaco por 3 a 0, nesta quarta-feira, na Alemanha, e conquistou pela segunda vez (a primeira foi em 1987) a Liga dos Campeões, principal competição de clubes do continente. Os brasileiros Carlos Alberto e Deco fizeram os dois primeiros gols e o russo Alenichev completou. A decisão no estádio do Schalke04 foi equilibrada ? pelo menos até os 39 minutos da etapa inicial, quando houve a única falha da defesa do Monaco e Carlos Alberto abriu o marcador. Antes disso, não surgiram chances de gol, porque os dois times tinham comportamento defensivo impecável. O duelo dos finalistas beirava a monotonia. O ritmo no segundo tempo foi bem mais agradável. O Porto surpreendeu, ao pressionar, na tentativa de definir o resultado. Mas o Monaco reagiu e também levou preocupação ao goleiro Vítor Baía. Os portugueses, no entanto, puseram as mãos na taça aos 26 minutos, em contra-ataque que Deco iniciou e fechou, com belo gol. A partir daí, bateu desespero no Monaco, e em seus torcedores ? sobretudo no príncipe Albert, que foi a Gelsenkirchen acompanhar a equipe. Por isso, foi fácil ao Porto chegar ao terceiro gol aos 30, com Alenichev, que pouco antes tinha substituído Carlos Alberto. O meia revelado pelo Fluminense voltou para receber a medalha de campeão, ao lado de seus compatriotas Deco e Derlei. O Porto decide a Supercopa Européia com o Valencia, campeão da Copa Uefa. O tira-teima será em 27 de agosto, no Estádio Luis II, em Mônaco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.