Porto ganha do La Coruña e vai à final

O Porto bateu o Deportivo por 1 a 0, nesta terça-feira, em La Coruña, e garantiu presença, pela segunda vez na história, na final da Liga dos Campeões, o principal torneio de clubes da Europa. Os portugueses acabaram com o sonho de grandeza da equipe espanhola com o gol do brasileiro Derlei, em cobrança de pênalti, aos 14 minutos do segundo tempo. O outro finalista sairá na quarta-feira, do duelo entre Chelsea e Monaco em Londres. Os franceses abriram vantagem de 3 a 1.O Porto está na luta para repetir o título que conquistou em 1987, mas o jogo com o La Coruña foi feio. As duas equipes preocuparam-se mais em marcar do que em criar jogadas que emocionassem os 34 mil torcedores que estiveram no estádio Riazór. O duelo foi repetição do anterior, em Portugal, que havia terminado com empate de 0 a 0.A monotonia foi interrompida em um dos poucos lances em que prevaleceu a habilidade. O meia Deco, brasileiro naturalizado português, arrancou pela direita e, na entrada da área, foi derrubado por César. O italiano Pierluigi Collina marcou o pênalti que Derlei bateu e fez o gol. Depois disso, o Porto se fechou ainda mais.Para complicar, o zagueiro Naybet foi expulso aos 25, ao receber o segundo cartão amarelo. Com um a menos, o La Coruña se abateu e viu o tempo se arrastar. Nas arquibancadas, muitos torcedores choravam a perda do maior momento da história do clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.