Portugal dá vexame nas Eliminatórias

Portugal conseguiu o que parecia impossível: perdeu pontos para o inexpressivo Liechtenstein. Mesmo jogando fora de casa, neste sábado, a seleção portuguesa tinha tudo para vencer seu adversário - até porque, abriu 2 a 0 de vantagem. Mas a equipe dirigida pelo brasileiro Luiz Felipe Scolari deu vexame e ficou no 2 a 2, pelas Eliminatórias para a Copa de 2006. Com gols de Pauleta e Hasler, contra, Portugal fez 2 a 0 no primeiro tempo do jogo em Vaduz. Mas, na segunda etapa, Burgmeier e Beck levaram Liechtenstein ao empate. Assim, os portugueses viram a Eslováquia abrir vantagem na liderança do grupo 3 das Eliminatórias.A seleção eslovaca, que goleou a Letônia por 4 a 1 também neste sábado, está com 10 pontos, mas tem um jogo a mais do que Portugal, que já tem 7 pontos. E Liechtenstein somou seu primeiro ponto.Quem também decepcionou foi a Grécia, seleção que derrotou Portugal na final da última Eurocopa e ficou com o título continental. Em Kiev, os gregos empataram com a Ucrânia por 1 a 1 e seguem sem vencer nas Eliminatórias para a Copa de 2006. Em outro jogo do grupo 2, a Turquia goleou o Casaquistão por 4 a 0. Assim, a Grécia soma apenas 2 pontos nessa chave, depois de perder para Albânia e empatar com Turquia e Ucrânia. Já os ucranianos lideram, com 5 pontos, junto com os turcos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.