Portugal enfrenta Holanda por vaga e por Felipão

A seleção portuguesa tem uma dupla missão, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), em Nuremberg, diante da Holanda. Vencer e conseguir a vaga para as quartas-de-final da Copa do Mundo da Alemanha e garantir a permanência de Luiz Felipe Scolari no comando da equipe até a Eurocopa de 2008, que será disputada na Áustria e Suíça.Felipão tem um acordo verbal com o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Gilberto Madaíl, para prosseguir seu trabalho nos dois próximos anos, caso o time alcance um lugar entre os oito primeiros do mundo. ?Temos de honrar nossa colocação no ranking da Fifa?, disse o treinador, referindo-se ao oitavo lugar. A vitória neste domingo garante ao técnico brasileiro dois feitos históricos. Seria a segunda melhor participação de Portugal em quatro copas disputadas - chegou ao terceiro lugar, em 1966 - e aumentaria para dez o número de triunfos consecutivos do treinador. Foram sete com o Brasil em 2002 e três com Portugal na primeira fase na Alemanha. ?Quero chegar aos 14 jogos?, disse, brincando o treinador, na primeira semana de preparação em Marienfeld, local da concentração portuguesa. As estatísticas também vão a favor da equipe de Felipão. Em nove jogos, foram cinco vitórias portugueses, três empates e apenas uma derrota, registrada em 1991, em Rotterdã, por 1 a 0, nas Eliminatórias da Euro de 92. A última vitória foi na semifinal da Eurocopa de 2004, em Portugal.Tudo isso ratifica o comentário dos jogadores. ?Conhecemos o jeito da Holanda atuar?, disse o zagueiro Fernando Meira. ?Trata-se de um time rápido e que marca forte a nossa saída de bola?, comentou o goleiro Ricardo.Felipão preferiu amenizar os ânimos. ?O time que vencemos há dois anos foi totalmente modificado pelo Van Basten. Será um jogo dificílimo. Podem ter certeza?, afirmou o treinador, que soma 30 vitórias no comando da seleção portuguesa, em 46 jogos. Com Felipão no comando, o time empatou dez vezes e perdeu apenas seis jogos. O último, em fevereiro do ano passado, diante da Irlanda, por 1 a 0, em Dublin. Deco treinou à parte durante a semana, ainda observado por causa de uma contusão muscular na coxa direita que o deixou de fora da estréia no Mundial frente Angola. Mas sua escalação está garantida, ao lado de Figo, Nuno Valente, Costinha, Cristiano Ronaldo, que também foram poupados contra o México. Mudança na zaga, dúvida no ataqueO técnico Marco Van Basten faz mistério quanto à escalação da Holanda, mas confirmou que o zagueiro Boulahroz será titular. O jogador, de 24 anos e que chegou à Alemanha como reserva, entrou no time na vitória sobre Costa do Marfim e agradou ao treinador, que deve mandar Heitinga para o banco.A defesa, inclusive, é o setor da equipe que menos preocupa Van Basten: foi vazada apenas quatro vezes nas últimas 15 partidas nas quais a seleção está invicta.Van Basten ainda não definiu o restante da equipe, mas estuda escalar Kuyt e Van der Vaart nas vagas de Van Bommel e Van Nilsterooy, respectivamente.A Holanda não perde uma partida oficial desde 2004, quando foi eliminada na semifinal da Eurocopa por Portugal.Ficha técnicaPortugal x HolandaPortugal: Ricardo; Miguel, Ricardo Carvalho, Fernando Meira e Nuno Valente; Costinha, Maniche, Deco e Figo; Cristiano Ronaldo e Pauleta. Técnico: Luiz Felipe Scolari.Holanda: Van der Sar; Boulahrouz, Ooijer, Mathijsen e Van Bronckhorst; Kuyt, Sneijder e Cocu; Van Persie, Van Nistelrooy (Van der Vaart) e Robben. Técnico: Marco Van Basten. Árbitro: Valentin Ivanov (Rússia). Local: Frankenstadion, em Nuremberg. Horário: 16 horas (de Brasília)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.