Portugal tem dois desfalques para jogo contra a Alemanha

Dois dos melhores jogadores de Portugal na Copa da Alemanha estão fora da disputa do terceiro lugar, sábado, em Stuttgart, diante da Alemanha. O lateral-direito Miguel sofreu um rompimento parcial do ligamento interno do joelho direito e deverá ficar de três a quatro semanas em tratamento. O diagnóstico foi dado pelo médico Henrique Jones, que descarta a possibilidade de uma cirurgia. "Vamos ver como ele reagirá ao tratamento", explicou. Outro desfalque será zagueiro Ricardo Carvalho, um dos destaques do Mundial, recebeu o segundo cartão amarelo e não poderá atuar. Felipão deverá optar por Paulo Ferreira na lateral-direita e Ricardo Costa na zaga para formar dupla com Fernando Meira. A delegação portuguesa viaja às 11h (6h de Brasília) de avião para Stuttgart, onde ficará concentrada para o duelo contra a Alemanha. Felipão vai dirigir um treinamento no campo do jogo às 17 h (12h de Brasília) e meia hora antes concede entrevista coletiva. O treinador disse por várias vezes durante o Mundial que não tem pressa em decidir seu futuro. "Vou tirar umas férias com minha família. Podem ser dois, três, seis meses", desconversou o treinador, que teria um contrato apalavrado com a Federação Portuguesa por mais dois anos, até a disputa da Eurocopa-2008. O Banco Espírito Santo pagaria parte dos salários do treinador, com um investimento de 1,5 milhão de euros por ano. O site do jornal Record tem uma enquete no ar que pergunta a seus internautas se Felipão deve continuar no comando da seleção. Até esta sexta-feira, 72% acreditavam que o treinador continuaria no cargo. "Era Figo" chega ao fim Se Luiz Felipe Scolari permanecer no comando técnico da seleção portuguesa deverá realizar uma reformulação no elenco. Após o jogo de sábado, jogadores-chaves como Figo, Costinha e Pauleta deverão anunciar o afastamento da equipe. Chega ao fim a geração de ouro de Portugal, que, com dois títulos mundiais sub-20, alcançou uma semifinal (2000) e um vice-campeonato europeu (2004), além da semifinal do Mundial de 2006, colocando a seleção no sétimo lugar do ranking da Fifa. Figo será o último do grupo formado por grandes jogadores como Rui Costa, Fernando Couto, João Pinto, a "pendurar a camisola." Para sua posição, surge como alternativa Quaresma, do Porto, de 22 anos, eleito o melhor jogador do último Campeonato Português. Quaresma tem um estilo mais irreverente. É driblador e gosta de atuar pelo lado esquerdo. Com isso, Cristiano Ronaldo deverá ser invertido para a direita. O problema de Quaresma é a sua personalidade forte, que não agrada ao treinador brasileiro. O jogador começou no Sporting e foi para o Barcelona no lugar do brasileiro Fábio Rochembach e mais seis milhões de euros. Não foi bem na Espanha e voltou para o Porto. Para a posição de Pauleta, que fez um ruim campeonato mundial, mas é o maior artilheiro da seleção em todos os tempos com 47 gols, é quase certo que Hugo Almeida, de 22 anos, também do Porto, fique com sua vaga na equipe.

Agencia Estado,

06 Julho 2006 | 14h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.