Sergio Barrenechea/EFE
Sergio Barrenechea/EFE

Português José Mourinho pede mais humildade aos árbitros espanhois

Treinador do Real Madrid, da Espanha, diz que os juízes nunca confessam que se equivocaram

AE, Agência Estado

19 de janeiro de 2011 | 11h52

MADRI - O técnico do Real Madrid, José Mourinho, voltou a reclamar das arbitragens e pediu que os juízes sejam humildes e reconheçam seus erros. O português referiu-se Pérez Lasa, que, em sua opinião, não marcou dois pênaltis a favor de seu time na partida contra o Almería, no último domingo. Com o empate por 1 a 1, a equipe madrilena viu o rival Barcelona abrir-lhe quatro pontos de diferença na liderança do Campeonato Espanhol.

"Não existe polêmica. Existem pênaltis que não foram marcados. Polêmica é quando se inventam histórias, mas as coisas óbvias não têm discussão. Não existe a humildade de um árbitro dizer: ''sim, me equivoquei''", reclamou o técnico, em entrevista coletiva nesta quarta, véspera do confronto com o Atlético de Madrid, pelas quartas de final da Copa do Rei.

"Não duvido da honestidade dos árbitros, mas tem coisas que são óbvias e as pessoas que não são hipócritas não têm problemas em dizer. Disse que houve dois pênaltis decisivos que o árbitro não viu e isso não é uma ofensa nem uma crítica, é uma coisa óbvia e que todo mundo viu", continuou o português.

As declarações de Mourinho não repercutiram bem no Comitê de Árbitros do Campeonato Espanhol, que pedem para que ele seja punido. Depois da partida do último domingo, o técnico disse que espera que Lasa não seja escalado em mais nenhuma partida do Real e do Barcelona na competição.

Mourinho coleciona diversas suspensões por reclamações contra os árbitros em suas passagens por Chelsea, Inter de Milão e, desde agosto de 2010, Real Madrid.

Tudo o que sabemos sobre:
Real MadridJosé Mourinhofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.