Washington Alves|Divulgação
Washington Alves|Divulgação

Português Paulo Bento é confirmado como novo técnico da Coreia do Sul

Treinador estava sem clube desde julho de 2018, quando foi demitido de equipe chinesa

Estadão Conteúdo

17 Agosto 2018 | 14h02

A Coreia do Sul confirmou oficialmente nesta sexta-feira a contratação de Paulo Bento como novo técnico da seleção do país. O treinador português, de 49 anos, chega ao cargo com a missão principal de levar os sul-coreanos à Copa do Mundo de 2022, no Catar.

Bento substitui Shin Tae-yong, que em julho não teve o seu contrato com a Coreia do Sul renovado após cair junto com a seleção do país na primeira fase da Copa do Mundo da Rússia, mesmo depois de se despedir da competição com uma histórica e surpreendente vitória por 2 a 0 sobre a Alemanha, então eliminada como atual campeã mundial.

O novo comandante da Coreia do Sul iniciou a sua carreira como treinador no Sporting, de Lisboa, e depois levou a seleção portuguesa às semifinais da Eurocopa de 2012. Porém, foi demitido do cargo após a decepcionante campanha no time de Cristiano Ronaldo na Copa de 2014, no Brasil, e de um início ruim nas Eliminatórias da Eurocopa de 2016, que depois viria a ser conquistada por Portugal sob o comando de Fernando Santos.

Paulo Bento se tornou disponível no mercado em julho, quando foi mandado embora do clube chinês Chongqing Lifan. "Acreditamos que Bento é o técnico que pode desenvolver o futebol sul-coreano se nós pudermos apoiá-lo nestes próximos quatro anos", disse Kim Pan-gon, diretor do comitê técnico da Associação de Futebol da Coreia do Sul, em entrevista coletiva nesta sexta. "Seus resultados na Euro de 2012 foram muito bons e ele é um profissional carismático, apaixonado e confiante", completou.

Bento também acabou sendo o escolhido pela Coreia do Sul entre os integrantes de uma pequena lista de candidatos que contava ainda com o bósnio Vahid Halilhodzic, que levou a Argélia às oitavas de final do Mundial de 2014, e com o espanhol Quique Sanchez Flores, treinador que já dirigiu Atlético de Madrid e Valencia, assim como esteve à frente do Watford no Campeonato Inglês.

O primeiro jogo do treinador português no comando da Coreia do Sul será um amistoso contra a Costa Rica, em casa, no dia 7 de setembro. O ex-volante de Portugal terá como primeira competição oficial como técnico da seleção sul-coreana a Copa da Ásia, em janeiro de 2019.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.