Portuguesa, agora, quer embalar

A Portuguesa conseguiu o que pretendia e pela primeira vez conquistou duas vitórias consecutivas no Campeonato Paulista. A última delas, por 2 a 0 sobre o Atlético Sorocaba, no Estádio Walter Ribeiro, foi particularmente comemorada pelo técnico Gallo, que já começa a pensar na palavra "embalo", mas sem euforia. Seu próximo jogo será contra a Portuguesa Santista, quarta-feira, no Canindé."Vencer duas partidas em seqüência tem um valor moral muito grande e com certeza tirou da cabeça dos jogadores qualquer dúvida de competência. Eles viram que são capazes, como todos os outros adversários", explicou. O treinador ainda ressaltou a importância do resultado para o seguimento da competição. "Ainda faltou um dos objetivos, que é deixar a zona do rebaixamento, mas isso vai acontecer naturalmente se tivermos uma série de bons resultados", acrescentou.Com 13 pontos, a Lusa ocupa a 17.ª posição. Para tentar escapar da zona de perigo, que segundo o treinador é o único objetivo imediato que ainda não foi alcançado, a Lusa contará com o mesmo elenco que tinha na partida contra o Atlético e mais o volante Rai, que cumpriu suspensão. O zagueiro Pereira, punido pelo TJD, cumpre o último dos três jogos de suspensão que pegou. O time titular não deve ser alterado pelo técnico.Os jogadores se reapresentaram nesta segunda-feira e realizaram um trabalho de recuperação muscular. Nesta terça-feira o elenco faz o único treino antes do jogo com a Portuguesa Santista, nesta quarta-feira, às 20h30. A Federação Paulista de Futebol confirmou a alteração da data do jogo com o São Paulo, pela 16.ª rodada. Anteriormente marcado para o dia 29 de março, a partida foi transferida para o dia 31 (quinta-feira).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.