Portuguesa apresenta seus reforços para a temporada 2008

Diretoria espera bons resultados com a chegada de atletas como o veterano Zé Mária, de 34 anos

Bruno Winckler, Jornal da Tarde

02 de janeiro de 2008 | 18h47

Robson Fernandjes/AEAtacante Christian (ex-Inter), o goleiro Gottardi (ex-Santa Cruz), o zagueiro Júlio Santos (ex-Vasco), o meia Ramón (ex-Grêmio) e o lateral Zé Maria (ex-Levante-ESP) são os reforços da Portuguesa SÃO PAULO - Com muitos fogos e uma grande festa, a Portuguesa apresentou ontem no Canindé cinco reforços. E quem roubou a cena foi o lateral-direito Zé Maria, prata da casa, que depois de 12 anos defendendo clubes europeus, voltou ao clube que o revelou. O jogador de 34 anos chegou com discurso modesto, mesmo com todo o assédio dos torcedores. "Zé, você é eterno", gritavam os pouco mais de 50 lusitanos que compareceram à apresentação do jogador ao lado do atacante Christian (ex-Internacional), do goleiro Gottardi (ex-Santa Cruz), do zagueiro Júlio Santos (ex-Vasco) e do meia Ramon (ex-Grêmio). "Quem merece esses fogos são os jogadores que estiveram aqui no ano passado. Jogadores que levaram a Portuguesa ao lugar que sempre deveria estar. A Primeira Divisão", disse Zé Maria, que não joga profissionalmente desde setembro. Seu último clube foi o Levante, da Espanha. O lateral de origem, que na Europa passou a jogar no meio-de-campo como armador, chegou a conversar com dirigentes do Sheffield United, da Inglaterra, mas não chegou a um acordo. "Não me descuidei nesse tempo. Cheguei a fazer amistosos pelo Viterbese, da Terceira Divisão italiana. Posso garantir que estou em forma". Zé Maria saiu da Lusa em 1996. Jogou no Flamengo e no Palmeiras antes de se transferir para o Parma em 1997. Na Itália defendeu ainda o Perugia e a Inter. Depois se transferiu para o Levante. Na seleção foram 45 jogos e dois gols e uma boa passagem pelo Vasco, ao final da década de 90. "Volto com o objetivo de conquistar títulos. O clube tem de parar de pensar pequeno. Em São Paulo, a Lusa é vista como o segundo time de todo mundo, que não incomoda. Não pode ser assim. Vamos incomodar", garantiu. Antes do pacote de jogadores apresentados ontem, a Lusa já havia anunciado outros três reforços: o lateral-direito Patrício (ex-Grêmio), o volante Carlos Alberto (ex-Brasiliense) e o atacante Leandro Carrijo (Atlético-MG). "É quase um time inteiro. Vamos chegar forte nesse ano", diz o presidente Manuel da Lupa. O cartola disse que, por enquanto, não estão previstas novas contratações e descartou o nome do lateral-esquerdo Jadílson, do São Paulo para substituir Leonardo, destaque da Série B, que se transferiu para o CSKA da Rússia.

Tudo o que sabemos sobre:
PortuguesaPaulista A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.