Portuguesa arranca empate no fim e fatura título do 1.º turno

Com gol aos 43 minutos do segundo tempo, a Portuguesa arrancou um suado empate por 3 a 3 com o Icasa, neste sábado, no Estádio do Canindé. O time da casa, que chegou a estar perdendo por 3 a 1, faturou o título simbólico do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

27 de agosto de 2011 | 18h35

O empate deixou a Lusa com 38 pontos, na liderança isolada da tabela. O time, porém, não vence há três jogos. Já o Icasa aumentou sua sequência invicta para seis partidas e se distanciou da zona de rebaixamento, no 13.º lugar, com 25 pontos.

De olho no título do primeiro turno, a Portuguesa partiu para cima do Icasa nos instantes iniciais da partida e abriu o placar logo aos 13 minutos, quando Henrique completou jogada de Luís Ricardo.

Quando todos esperavam o time paulista mandando na partida, os cearenses empataram no minuto seguinte, com Marino aproveitando rebote do goleiro Weverton. A virada do Icasa aconteceu aos 33 minutos, após forte chute de Marino de fora da área.

Antes do intervalo, os visitantes ainda marcaram o terceiro para desespero dos torcedores lusos. Preto cobrou pênalti sofrido por Marciano com categoria e apenas deslocou o goleiro lusitano.

Pressionada pela torcida, a Portuguesa voltou mais atenta e foi para o ataque, enquanto o Icasa se preocupava em se defender e matar o jogo no contra-ataque. Aos 26 minutos, Marco Antônio cruzou na área e encontrou Ananias, que acertou a cabeça e deslocou o goleiro Marcelo Pitol.

No sufoco, o time paulista chegou ao tão esperado empate aos 43 minutos. Raí foi até a linha de fundo e cruzou na primeira trave. Marcelo Cordeiro desviou e Lucas Gaúcho completou para o gol aberto.

Portuguesa e Icasa voltam a campo nesta terça-feira para a disputa da 20ª rodada da Série B. A Lusa enfrenta o Náutico, no Estádio dos Aflitos, enquanto o Icasa recebe o Sport, no Estádio Romeirão, ambos às 20h30.

Ficha Técnica:

Portuguesa 3 x 3 Icasa

Portuguesa - Weverton; Luis Ricardo, Rogério, Leandro Silva e Marcelo Cordeiro; Ferdinando (Lucas Gaúcho), Guilherme (Boquita), Marco Antônio e Henrique (Rai); Ananias e Edno. Técnico: Jorginho.

Icasa - Marcelo Pitol; Osmar (Guto), Luiz Henrique, Ramon e Janílson; Dodó, Luiz Ricardo, Marino e Diego Palhinha; Marciano (Diogo França) e Preto (Diogo). Técnico: Márcio Bittencourt.

Gols - Henrique, aos 13, Marino, aos 14 e aos 33, e Preto (pênalti), aos 44 minutos do primeiro tempo. Ananias, aos 26, e Lucas Gaúcho, aos 43 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos - Janílson e Rogério.

Árbitro - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

Renda - R$ 78.995,00.

Público - 6.009 pagantes.

Local - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.