Portuguesa assume 2.º lugar na Série B; Guarani empata

A briga pela vice-liderança mobilizou a 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, disputada nesta terça-feira com 10 jogos. E quem se deu melhor foi a Portuguesa, que venceu o Atlético Goianiense por 2 a 1 e atingiu os 21 pontos, seis atrás do líder Guarani, que empatou com o Duque de Caxias, por 1 a 1, no Rio de Janeiro, e igualou o recorde do Corinthians, do ano passado, de 11 jogos invicto.

AE, Agencia Estado

15 de julho de 2009 | 00h07

A Lusa venceu no Canindé com dois gols de Héverton, um em cada tempo. Marcão diminuiu no final do jogo para os goianos. O Atlético continua no G-4, o grupo de acesso, mas caiu do segundo para o quarto lugar, com 20 pontos.

No subúrbio carioca, o Guarani teve um empate com sabor de derrota porque sofreu o empate aos 44 minutos do segundo tempo, marcado por Thiago Santos de cabeça. No primeiro tempo, Nei Paraíba, também em uma cabeçada, fez o gol do líder.

Quem voltou ao G-4 foi a Ponte Preta com a vitória sobre o Campinense por 3 a 0, em Campinas - com gols de Lins, Danilo Neco e Fabiano Gadelha. O time campineiro tem 20 pontos, em terceiro lugar, enquanto o Campinense voltou à lanterna, com seis.

O Vasco está próximo de retornar ao grupo de elite depois da vitória sobre o Vila Nova por 2 a 0, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Foi uma vitória heroica porque o time perdeu Robinho por expulsão logo aos sete minutos do primeiro tempo. A equipe carioca é a quinta colocada também com 20 pontos, mas com uma vitória a menos do que Atlético e Ponte Preta: 6 a 5. O time goiano, em baixa, continua com 12 pontos, em 15.º lugar.

Dois times deixaram o G-4. Um deles é o Brasiliense, que caiu em casa diante do Ceará por 1 a 0, com gol de Geraldo. O pentacampeão candango continuou com 19 pontos, mas agora está em sexto lugar - antes era o terceiro. O outro é o América-RN, que caiu para sétimo, também com 19, com a derrota para o Fortaleza por 3 a 0, no Castelão.

Em Salvador, o Bahia completou seis jogos sem vitória ao empatar por 1 a 1 com o Bragantino. Beto fez para os baianos e Magrão empatou para os paulistas. Na briga contra o rebaixamento, o Juventude venceu o Figueirense por 2 a 0, em Caxias do Sul.

O Paraná superou a série de quatro derrotas consecutivas ao bater o Ipatinga por 2 a 0, em Curitiba - com gols de Gabriel e Fabinho. Mesmo vencendo, o time paranaense continua na zona de rebaixamento, agora com 11 pontos, em 17.º lugar.

Feito maior conseguiu o São Caetano ao golear o ABC por 4 a 0, em Natal, derrubando uma série de oito jogos sem vitórias - seis sob o comando de Antônio Carlos, que conseguiu sua primeira vitória na nova carreira. Os gols foram marcados por Washington (3 vezes) e Eduardo Ramos, de pênalti. Com nove pontos, o São Caetano é o 18.º colocado

Confira a 11.ª rodada da Série B:

Ponte Preta 3 x 0 Campinense

Juventude 2 x 0 Figueirense

Brasiliense 0 x 1 Ceará

Paraná 2 x 0 Ipatinga

Duque de Caxias 1 x 1 Guarani

Vila Nova 0 x 2 Vasco

Fortaleza 3 x 0 América-RN

Bahia 1 x 1 Bragantino

ABC 0 x 4 São Caetano

Portuguesa 2 x 1 Atlético-GO

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.