Portuguesa bate a Ponte e volta ao grupo de acesso da Série B

Time da capital paulista é terceiro na classificação; vice-líder é o Vitória, após ganhar do Santa Cruz

13 de outubro de 2007 | 18h29

O Vitória conseguiu três pontos importantes na sua luta para voltar à elite do futebol nacional ao vencer do Santa Cruz, por 3 a 1, neste sábado à tarde, em pleno Estádio do Arruda, em Recife. O time baiano, agora, é vice-líder do Campeonato Brasileiro da Série B, com 50 pontos, cinco a menos do que o líder Coritiba.Veja também: Classificação Últimos resultados / Próximos jogosMesmo com o Arrudão cheio, o Santa Cruz caiu diante de um adversário mais qualificado, que chegou à terceira vitória consecutiva. E o jogo começou quente, com Joãozinho abrindo o placar logo no primeiro minuto. O time da casa empatou, aos 5, com Johnson, mas os baianos voltaram a comandar o placar com o veterano Edílson, de cabeça, aos 41 minutos. No segundo tempo, Jackson marcou o terceiro, deixando o Santa Cruz com 39 pontos, em 14.º lugar. O time não vence há três jogos. A Portuguesa, enfim, voltou ao grupo de acesso, com 49 pontos, em terceiro lugar, ao vencer, por 4 a 2, em Campinas, com a Ponte Preta, que ocupa o 10.º lugar, com 41 pontos. Alex Terra abriu o placar para o time da casa, com Diogo e Leonardo virando para a Lusa. Mas, de pênalti, Alex Terra empatou, marcando seu 17.º gol na competição. No segundo tempo, Alex Terra perdeu um pênalti, defendido por Tiago, e Bruno, aos 31 minutos, e Vaguinho, aos 38 minutos confirmaram a vitória da Lusa. O Ipatinga deixou o G4, ao empatar em casa com o Fortaleza, por 1 a 1. Os mineiros têm 48 pontos, em quinto lugar, mesmo sem vencer há quatro rodadas. O time cearense vinha de quatro vitórias seguidas e com o resultado atingiu os 43 pontos, ocupando o importante 7.º lugar. Rogerinho marcou para os visitantes e Diogo Silva, de pênalti, empatou no segundo tempo. Na estréia do técnico Luiz Carlos Ferreira, o Brasiliense empatou com o CRB, por 1 a 1, quebrando a série de cinco derrotas seguidas que derrubaram o técnico Givanildo de Oliveira. O Jacaré, agora, com 41 pontos, é o 12.º colocado, enquanto o time alagoano, com 39 pontos, está em 13.º. Pedro Paulo, no início do segundo tempo, abriu para o time da casa, enquanto Alexandre, aos 45 minutos, empatou para o CRB. Em Jundiaí, o lanterna Ituano atrapalhou os planos de recuperação do Paulista, derrotado, por 3 a 2. Os dois rivais paulistas continuam na zona do rebaixamento. O Ituano, que não vencia há 13 rodadas, tem 25 pontos, enquanto o time de Jundiaí, com 34 pontos é o 18.º. Se a competição acabasse agora, teriam garantido o acesso à Série A: Coritiba (55 pontos), Vitória (50), Portuguesa (49) e Criciúma (48). Por outro lado, estariam rebaixados para a Série C: Ituano (25 pontos), Remo (29), Paulista (34) e Santo André (37).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.