Portuguesa bate Bragantino e deixa lanterna do Paulista

Em jogo para um público de apenas 784 pessoas, Lusa supera o adversário por 1 a 0 e sai do sufoco

Agencia Estado

30 de janeiro de 2009 | 00h13

SÃO PAULO - A Portuguesa finalmente conquistou sua primeira vitória no Campeonato Paulista. Após perder para Guarani e São Paulo, a Lusa derrotou o Bragantino por 1 a 0, nesta quinta-feira à noite, no Canindé, no encerramento da terceira rodada da competição.Veja também: Paulistão 2009 - Tabela e classificaçãoConfira as novidades do mercado do futebol Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Com o resultado, a equipe paulistana deixou a lanterna e somou seus primeiros três pontos no torneio. Agora, a Lusa é a 14.ª colocada. O Bragantino, também com três pontos, está três posições acima, em 11.º, por ter melhor saldo de gols: 0 a -2.O herói da partida foi o lateral-esquerdo Athirson, que fez o gol da vitória logo no começo do segundo tempo, aos sete minutos. Após pressão da equipe da casa, César Prates levantou da direita e o veterano finalizou de cabeça.O Bragantino perdeu muitas chances, principalmente no primeiro tempo, com os atacantes Valdir Papel e Nunes. O destaque da Portuguesa foi o goleiro Fábio, que fez defesas importantes e segurou o ímpeto do adversário.A Portuguesa tenta agora sua primeira vitória como visitante. A equipe joga no domingo, em Bauru, contra o Noroeste. Já o Bragantino tenta acabar com a sequência de duas derrotas seguidas contra o Mirassol, também no domingo, em Bragança.PORTUGUESA 1 x 0 BRAGANTINOPortuguesa - Fábio; Alex Bruno, Bruno Rodrigo e Erick; César Prates, Rai (Ygor), Marco Antônio, Fellype Gabriel (Rogério) e Athirson; Edno e Fabrício Carvalho (Héverton). Técnico: Mário Sérgio.Bragantino - Gilvan; Cris (Bill), César Gaúcho e Gustavo; Somália, Adriano, Moradei, Malaquias (Paulinho Kobayashi) e Pará; Valdir Papel (Tiago Silva) e Nunes. Técnico: Marcelo Veiga.Gol - Athirson, aos 7 minutos do segundo tempo.Cartões amarelos - Rai e Alex Bruno (Portuguesa); Somália e Cris (Bragantino).Árbitro - Eduardo César Coronado Coelho.Renda - R$ 13.371,00.Público - 784 espectadores.Local - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.