Portuguesa bate Taubaté, se reabilita e amplia folga na ponta da Copa Paulista

Guilherme Queiroz fez o gol da vitória por 1 a 0 no Canindé

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2017 | 23h10

A Portuguesa garantiu a liderança do Grupo 3 da Copa Paulista nesta sexta-feira ao vencer o Taubaté por 1 a 0, fora de casa, no Joaquinzão. O gol de Guilherme Queiroz ainda na etapa inicial da partida, válida pela sexta rodada da primeira fase, serviu para afastar qualquer desconfiança do grupo dirigido por Mauro Fernandes, que vinha de uma derrota nos minutos finais para o São Caetano por 3 a 2, no último final de semana.

Novamente no caminho das vitórias, a Portuguesa não tem que se preocupar com o restante da rodada, porque, independente dos resultados, já tem a liderança garantida, com 13 pontos. O vice-líder São Caetano, que ainda joga com o Nacional neste sábado, às 16 horas, tem apenas oito. Já o Taubaté segue fora do G4, a zona de classificação para a próxima fase, com apenas seis. A torcida protestou ao final da partida, porque o time já vinha de uma derrota para o Água Santa, por 2 a 0, em casa.

Sem dar espaço ao adversário, a Portuguesa conseguiu abrir o placar logo aos dez minutos. Junior Lemos carregou pela esquerda e encontrou Romarinho no bico da grande área. O camisa 9 carregou até a linha de fundo e bateu cruzado em direção a Guilherme Queiroz, que fechava na primeira trave. Ele se antecipou à marcação e tocou para o fundo do gol de Célio Gabriel.

Atrás do placar, aos poucos o Taubaté foi crescendo na partida, mas sofria para ameaçar o gol da Portuguesa. Isso só foi acontecer no segundo tempo. Mas foi incapaz de mudar o resultado.

O próximo compromisso do Taubaté é contra o Nacional, desta vez no Nicolau Alayon, em São Paulo, às 15 horas do próximo sábado. A Portuguesa vai ter mais tempo para trabalhar antes da sétima rodada da Copa Paulista. O compromisso contra o Água Santa está marcado apenas para 9 de agosto, quarta-feira, às 20 horas, no Canindé.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.