Moisés Nascimento/Divulgação
Moisés Nascimento/Divulgação

Portuguesa chia por jogar de manhã, mas crê em vitória no Paulistão

Equipe joga sob o sol de Osasco contra o Audax, domingo, às 10h, para acabar com o jejum

AE, Agência Estado

31 de janeiro de 2014 | 18h36

SÃO PAULO - A Portuguesa espera acabar com o jejum de vitórias no Campeonato Paulista neste domingo, quando enfrenta o Audax, no estádio José Liberatti, pela quinta rodada. O horário, porém, não agradou ninguém no clube rubro-verde. Os dois times irão jogar às 10 horas, em Osasco. "O sol é ruim para todo mundo. Esse horário complica um pouco, mas infelizmente vamos ter que jogar porque é a televisão quem manda. Estava programado desde o começo do campeonato", afirmou o zagueiro Valdomiro.

Mesmo debaixo do forte sol, o capitão da Portuguesa espera o resultado positivo. O futebol apresentado na última quarta-feira, apesar da derrota para o Botafogo, animou Valdomiro, que pediu paciência aos torcedores. "Será um jogo difícil, mas podemos conquistar um bom resultado porque mostramos coisas boas no jogo de quarta. Respeitamos o torcedor, entendemos a intranquilidade, mas ele tem de entender que o clube passa por reformulação", finalizou.

Em relação ao time que vai enfrentar o Audax, o técnico Guto Ferreira não tem desfalque algum e deve manter a mesma formação. O meia Giovanni, que deixou o campo sentindo dores na coxa esquerda, está liberado pelo departamento médico.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.