Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

Portuguesa comemora a semana livre para treinar

Jogadores e comissão técnica agradecem semana sem partidas

AE, Agência Estado

22 de outubro de 2013 | 19h44

SÃO PAULO - Após uma desgastante maratona de sete jogos em 21 dias, o técnico Guto Ferreira finalmente terá uma semana livre para trabalhar na Portuguesa. Fato muito comemorado pela comissão técnica e jogadores. Mesmo porque, o adversário de domingo, o Flamengo, jogará nesta quarta-feira pela Copa do Brasil, no clássico carioca contra o Botafogo.

Titular absoluto da Lusa, o volante Bruno Henrique foi um dos que mais comemorou a pausa na tabela do Brasileirão. Ele ressaltou que o cansaço foi determinante no empate com o Vitória, por 1 a 1, no último domingo, no Canindé. "Quando se tem mais tempo de descanso, que é o caso dessas próximas partidas, dá para recuperar melhor e é importante", destacou.

O período livre para treinamentos também possibilitará que Guto Ferreira faça mais testes para definir quem serão os substitutos do zagueiro Moisés Moura e do lateral-esquerdo Rogério. Ambos estão suspensos pelo terceiro amarelo. As vagas devem ficar com Lima e Bryan, respectivamente. "Espero que o Lima possa repetir a atuação de Santa Catarina (na vitória sobre o Criciúma, por 3 a 1). O Bryan já jogou, mas serão necessários alguns ajustes para fazê-lo render mais", explicou o técnico.

Diante do Flamengo, a Portuguesa tentará se recuperar do tropeço contra o Vitória. Um novo revés pode fazer o time se aproximar da zona de rebaixamento. Hoje, a diferença é de cinco pontos, já que a Lusa tem 38 pontos, no 13º lugar, enquanto o Vasco, o 17º colocado, está com 33 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.