Portuguesa demite Sérgio Guedes e contrata Jorginho

A Portuguesa já tem um novo técnico para a sequência do Campeonato Paulista. É Jorginho, que no ano passado dirigiu o Goiás e depois a Ponte Preta no Campeonato Brasileiro da Série B. A diretoria decidiu, neste domingo, demitir Sérgio Guedes, que chegou à sua quinta derrota no ano no sábado, quando caiu diante do São Caetano por 1 a 0, pela nona rodada.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2011 | 17h47

Jorginho chega sem contrato, com um acordo verbal. Ele, portanto, pode ficar até o final do Paulistão ou ir até o final do ano, dirigindo o time na Copa do Brasil e também no Brasileiro da Série B.

O ex-jogador de Palmeiras e Santos, Jorginho volta a comandar um clube depois de quase quatro meses desempregado. Na Série B do ano passado, ele acabou deixando a Ponte Preta no dia 24 de outubro e, desde então, não trabalhou mais como treinador. Em Campinas, chegou a fazer um bom trabalho no início, levando o clube inclusive para o G-4, mas no final o rendimento da equipe caiu e ele acabou dispensado.

Com apenas 45 anos, tem pouca experiência como técnico. A Portuguesa será apenas o seu quinto time. Ele começou no comando do União Mogi, passando posteriormente por Palmeiras e Goiás, antes de trabalhar no time campineiro.

O novo comandante lusitano terá a missão de recuperar o clube do Canindé no Paulistão e na Copa do Brasil. Após a derrota para o São Caetano, o time estacionou nos dez pontos e ficou mais perto dos últimos colocados. No torneio nacional, a Portuguesa perdeu para o Bangu por 3 a 1, na última quarta-feira, e precisará vencer por 2 a 0, no mínimo, na volta, nesta quarta, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.