Portuguesa descarta negociar o atacante Diogo

Presidente do time diz que não vai nem escutar ofertas pelo jogador; agora, o que interessa é o acesso

24 de outubro de 2007 | 18h51

Preocupado de que algo extra-campo possa atrapalhar os planos da Portuguesa em voltar para a Série A do Campeonato Brasileiro, a diretoria do clube tratou de desmentir, nesta quarta-feira, ter recebido qualquer proposta pelo atacante Diogo. O garoto é apontado como a mais nova revelação do Canindé e estaria despertando interesse de outros clubes. "Não recebi nenhuma proposta. E se isso acontecer agora, simplesmente não vou responder nada. Estamos focados totalmente na reta final do campeonato Brasileiro da Série B", garantiu o presidente Manoel da Lupa. Ele ainda lembrou que há um mês renovou o contrato do atacante até dezembro de 2010. Os jogadores realizaram um treino recreativo, na manhã desta quarta feira, no Canindé. Após a movimentação, o time embarcou para a cidade de Maceió-AL, onde enfrenta a equipe do CRB, sexta-feira, às 20h30, no Estádio Rei Pelé, pela 32.ª rodada da Série B. Para o duelo contra o time alagoano, o técnico Vágner Benazzi contará com dois retornos importantes. O zagueiro Marco Aurélio e o volante Rai, que cumpriram suspensão automática na vitória sobre o Remo, por 1 a 0, na última sexta feira, estão à disposição do comandante luso. Entretanto, o time do Canindé terá duas ausências. O zagueiro Bruno Rodrigo e o meia Preto receberam o terceiro cartão amarelo. A Lusa é vice líder da Série B, com 52 pontos ganhos em 31 partidas disputadas. E espera somar mais 13 pontos nas últimas sete rodadas para figurar entre os quatro times que vão garantir o acesso.

Tudo o que sabemos sobre:
PortuguesaBrasileirão Série B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.