Portuguesa descarta saída de Fellype Gabriel

O Botafogo pode até querer, mas a Portuguesa não pretende abrir mão do meia Fellype Gabriel. O vice-presidente de futebol Luís Iauca reiterou que o jogador cumprirá seu contrato com o time do Canindé até o fim de 2012. A única chance de negociação é o time carioca arcar com a multa rescisória, cujo valor não foi divulgado.

AE, Agencia Estado

05 de janeiro de 2010 | 17h19

"Eu garanto. O Fellype Gabriel não sai se não for em definitivo. Eu não empresto para ninguém", disse o cartola, que garantiu também não ter sido procurado por nenhum dirigente do Botafogo. "Não fomos procurados e, se for, a resposta é não. O interesse do Botafogo surgiu pela imprensa, mas ninguém falou com a Portuguesa", explicou Iauca.

O dirigente espera também confirmar o novo reforço da Lusa nesta quarta-feira. A expectativa era o acerto com Victor Simões, mas o atacante tem proposta do futebol árabe e pode deixar o Brasil. Sabendo disso, o time paulista já tem uma carta na manga.

"Estamos contratando um jogador de fora. Ele é uruguaio e deve chegar amanhã (quarta)", afirmou Iauca, que espera apenas confirmar a chegada de mais um atacante para fechar o elenco.

A Portuguesa já confirmou as contratações do goleiro Andrey, dos laterais Paulo Sérgio e Athirson, do zagueiro Gladstone e dos volantes Marcos Paulo e Glauber. A estreia no Campeonato Paulista será no próximo dia 17, no Morumbi, contra o São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaFellype Gabriel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.