Arquivo/AE
Arquivo/AE

Portuguesa e Guarani fazem duelo no Canindé

Time lusitano tenta se manter no G-4; equipe de Campinas quer a vitória para continuar na liderança

Agência Estado,

27 de julho de 2009 | 23h12

Portuguesa e Guarani fazem nesta terça-feira, às 21 horas, no Canindé, o principal jogo da 14.ª rodada da Série B do Brasileiro. Os dois times paulistas estão separados apenas por quatro pontos, ambos no G4, o grupo dos quatro melhores do campeonato.

 

Veja também:

Brasileirão Série B - tabela Classificação | lista Tabela

especialSÉRIE B - Leia mais sobre a competição

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Líder desde a quarta rodada, o Guarani tem 28 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Atlético-GO, que tem 26 e recebe o Duque de Caxias também nesta terça-feira. Já a Portuguesa ocupa a terceira colocação do campeonato, com 24 pontos somados.

 

A pressão aumenta mais porque o Guarani não vence há três rodadas. Empatou com Duque de Caxias e ABC, além de perder para o Paraná. Por isso, a ordem no time de Campinas é conseguir a recuperação, mesmo que seja jogando fora de casa.

 

"Bobeamos contra o ABC e tomamos o gol no final de novo. Vamos buscar a reação contra a P

 Portuguesa
Fábio; César Prates, Bruno Rodrigo, Thiago Gomes e Anderson Paim; Erick, Acleisson, Marco Antônio e Héverton; Fellype Gabriel e Christian
Técnico: Paulo Bonamigo
 Guarani
Douglas; Maranhão, Bruno Aguiar, Valdir e Andrezinho; Cléber Goiano, Glauber, Walter Minhoca e Adriano Gabiru; Caíque e Ricardo Xavier
Técnico: Vadão
Árbitro: Héber Roberto Lopes (FIFA/PR)

Estádio: Canindé, em São Paulo

Horário: 21 horas

ortuguesa", afirmou o técnico Vadão, que não poderá repetir o time pela quinta vez consecutiva. O lateral Maranhão, o zagueiro Bruno Aguiar e o volante Glauber voltam após cumprirem suspensão, mas o lateral Carlos César e o zagueiro Márcio Alemão não jogam justamente por suspensão.

 

A Portuguesa, por sua vez, conta com a boa fase do meia Héverton para manter a ascensão na Série B. "Já ganhamos do América-RN, ou seja, cumprimos 50% do planejado. Agora não podemos deixar de ganhar do Guarani", disse o jogador, que foi revelado pelo próprio time de Campinas, em 2004.

 

Além dele, o técnico Paulo Bonamigo aposta nos retornos do goleiro Fábio e do meia Fellype Gabriel, que cumpriram suspensão na vitória sobre o América-RN. Eles entram, respectivamente, nos lugares de Vítor e Tatá. E o atacante Edno, ainda sem ritmo, fica como opção no banco de reservas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.