Portuguesa empata com Botafogo em jogo equilibrado

Resultado é vantajoso para o time carioca, que joga até pelo empate sem gols para avançar

Redação,

17 de abril de 2008 | 00h19

Em um jogo marcado pelo equilíbrio, a Portuguesa empatou com o Botafogo, por 1 a 1, na noite desta quarta-feira, no Estádio do Canindé, em São Paulo, pelo jogo de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Veja também: Calendário e resultadosCom o resultado, o time paulistano precisará de uma vitória simples ou um empate por dois ou mais gols para se garantir, na volta marcada para o próxima dia 23 de abril (quarta-feira). Já o clube carioca também precisa vencer ou empatar sem gols. O vencedor deste duelo encara o ganhador de Atlético-MG e Náutico.  Portuguesa1André Luiz; Bruno Rodrigo    , Halisson e Marco Aurélio (Miltinho); Patrício, Dias, Carlos Alberto, Rogério (Diogo    ) e Bruno Recife; Vaguinho (Thiago Carioca) e ChristianTécnico: Vágner Benazzi Botafogo1Castillo; Alessandro     (Túlio Souza), Renato Silva, André Luis e Triguinho; Diguinho, Túlio    , Leandro Guerreiro     e Zé Carlos (Fábio); Jorge Henrique (Lúcio Flávio) e Wellington PaulistaTécnico: CucaGols: Wellington Paulista, aos 13, e Christian, aos 26 minutos do 2.º tempoÁrbitro: Evandro Rogério Roman (FIFA) - PRRenda: não disponívelPúblico: 2.707 pagantesEstádio: Canindé, em São Paulo (SP)Portuguesa e Botafogo fizeram um primeiro tempo de poucas emoções e bastante travado no meio-campo. Sem criatividade e priorizando a marcação, as duas equipes chegaram muito pouco ao ataque. Aos 44 minutos, a Portuguesa chegou a balançar as redes, mas o árbitro paranaense Evandro Rogério Roman assinalou corretamente o impedimento de Christian.Na segunda etapa, os dois times saíram mais para o jogo. E quem abriu o placar, aos 13 minutos, foi o time carioca. Diguinho arriscou de fora da área e o atacante Wellington Paulista desviou no meio do caminho, acertando o canto esquerdo do goleiro André Luiz.Em desvantagem, o técnico Vágner Benazzi se viu obrigado a colocar a Portuguesa no ataque. Para isso, tirou o zagueiro Marco Aurélio e o atacante Vaguinho para as entradas dos atacantes Miltinho e Thiago Carioca. Até que, aos 26 minutos, a equipe paulistana chegou ao empate. Carlos Alberto cobrou falta e Christian, na área, completou de cabeça. Nos minutos finais, foi o Botafogo quem pressionou, mas sem sucesso.

Tudo o que sabemos sobre:
PortuguesaBotafogoCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.