Portuguesa empata com o Villa Nova-MG e segue na lanterna do Grupo na Série D

Situação da equipe do Canindé na competição é complicada

Estadão Conteúdo

09 de junho de 2017 | 22h22

A noite foi péssima para os clubes paulistas na abertura da quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. Mesmo no Canindé, a Portuguesa apenas empatou sem gols com o Villa Nova-MG, ficando na lanterna do Grupo A13. O XV de Piracicaba fez pior ao perder em casa para o Operário-PR por 1 a 0, e agora figura na última posição do Grupo A15.

Estes tropeços deixaram os dois paulistas em situações complicadas para buscar uma vaga na segunda fase. Mesmo porque agora eles só vão atuar duas vezes. O líder de cada grupo garante vaga e os 15 melhores segundo colocados também vão se classificar, totalizando 32 times.

Mais uma vez a Portuguesa decepcionou. A esperança era devolver a derrota por 2 a 1 sofrida em Minas Gerais, mas não conseguiu superar o bloqueio defensivo adversário. A Lusa soma quatro pontos, igual a Desportiva. O Villa tem cinco e aparece atrás do Bangu, com seis pontos. A Portuguesa ainda vai fazer dois jogos. Um contra o Bangu, em casa, e outro fora, diante da Desportiva.

A derrota no Barão de Serra Negra praticamente eliminou o XV de Piracicaba. É o lanterna do Grupo A15 com apenas três pontos em quatro jogos. Lucas Batatinha marcou para o Operário, aos 33 minutos do segundo tempo, deixando o time paranaense na liderança isolada com nove pontos. O São Paulo-RS, com três, e o Brusque, com seis pontos, se enfrentam no domingo.

Outros clubes paulistas vão jogar no final de semana. Vice-líder do Grupo A14, o Red Bull Brasil, fora de casa, enfrentará o Boavista pela liderança. O Ituano, em casa, também sonha com a ponta no duelo frente ao Metropolitano. Com 100% de aproveitamento, o São Bernardo visitará o Foz do Iguaçu. O Audax tenta evitar a eliminação contra a URT, no interior mineiro. Estão programados dez jogos para sábado e mais 22 no domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaXV de Piracicaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.