Portuguesa espera a volta de Celsinho

Disposto a qualquer sacrifício para não perder a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, o técnico Giba exige uma vitória sobre o Vila Nova, nesta terça-feira, no Canindé. Ele espera, inclusive, pela chegada do meia Celsinho, que está servindo a seleção brasileira Sub-17, para ser uma opção a mais no banco de reservas. Celso Luís, porém, ainda fará um jogo pela seleção nesta segunda-feira à noite, em Canoas (RS), diante do Uruguai, em torneio amistoso internacional da categoria. Mas deve estar em São Paulo na terça-feira e virar uma alternativa para ajudar a equipe a se reabilitar da derrota para o Marília. Nem o tropeço tirou a Portuguesa da segunda posição, com 23 pontos, cinco a menos do que o líder Santa Cruz. Giba faz questão de justificar a sua insistência pela presença de Celsinho no grupo. "Simplesmente porque ele é um jogador fora de série, de apenas 17 anos, mas dono de muita personalidade. Como é um meia diferenciado, pode nos ajudar a vencer. Se ele jogar com qualidade em 15 minutos, pode ser o diferencial para vencermos". O time está praticamente definido sem Raí, suspenso com três cartões amarelos, mas com as voltas dos volantes Rodrigo Pontes e Alexandre, recuperados de contusões. Os jogadores farão um recreativo na manhã desta segunda e depois iniciarão o regime de concentração.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.