Portuguesa estréia com derrota na Série B

A Portuguesa estreou mal na Série B do Campeonato Brasileiro, ao perder para o América-MG, por 1 a 0, nesta sexta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Com várias mudanças em relação ao time que disputou o Campeonato Paulista, a Portuguesa mostrou desentrosamento. E também mostrou que o técnico Paulo Comelli terá trabalho para dar um padrão de jogo eficiente para a equipe - principalmente no meio-campo, que mostrou muita falta de criatividade.Lucas Pereira teve duas chances para abrir o placar para a Portuguesa. Aos 13, recebeu passe de Edmílson, dentro da área, mas tocou fraco, de cabeça. Dois minutos depois, o centroavante recebeu cruzamento da esquerda, mas mesmo livre de marcação, tocou por cima do gol.As melhores chances do América foram em bolas paradas. Aos 14, Wagner cobrou falta na barreira e no rebote tocou para Fred, que tocou de cabeça, com perigo. Cinco minutos, Wagner cobrou outra falta, desta vez sem assustar o goleiro Gléguer.Aos 30, rápida jogada do ataque mineiro: na entrada da área, Fred tocou para Jajá, que bateu com muita força, por cima do gol.A Portuguesa reclamou pênalti aos 33 minutos, quando o lateral Leonardo fez jogada individual e foi derrubado dentro da área por Reginaldo Oliveira. Mas o árbitro não marcou.A segunda etapa começou equilibrada, mas a primeira chance de perigo foi para o time paulista. Ângelo cobrou falta pela direita, aos 9, mas Lucas furou, de cabeça, na frente do gol. O América quase abriu o placar aos 14 minutos, quando Fred cruzou para Marcelinho, que bateu de primeira. A bola ia entrando no canto direito de Gléguer, mas Alex Oliveira desviou pela linha de fundo.Aos 24, Bruno fez uma bonita jogada individual dentro da área, bateu forte, mas o goleiro Laílson fez uma grande defesa, espalmando para escanteio. Um minuto depois, Edmílson recebeu livre na entrada da área, mas bateu em cima do goleiro.O atacante Bauer, de 19 anos, neto do ex-zagueiro da Seleção, fez sua estréia no time principal da Portuguesa - entrou aos 29 minutos da etapa final, em lugar de Edmílson.Aos 31, o América abriu o placar. Rogério foi a linha de fundo e cruzou para Wagner, livre, tocar no canto, sem defesa para Gléguer. A situação ficou complicada para o time paulista aos 36 minutos, quando Itaparica, que entrou no segundo tempo, foi expulso.Aos 42, com o placar já definido, Osmar, do time mineiro, também levou cartão vermelho. A Portuguesa volta a jogar dia 30, contra o Bahia, no Canindé. O próximo adversário do América-MG será o Santa Cruz, no Recife, na mesma data.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.