Portuguesa fará concentração de cinco dias para duelo decisivo na Série C

A próxima semana vai ser de foco total para a Portuguesa. Após a derrota por 1 a 0 para o Vila Nova na última quarta-feira, em Goiânia, no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C, o time vai começar a preparação para a partida decisiva no estádio do Canindé, em São Paulo, no próximo dia 17. A partir desta segunda, cinco dias antes da decisão, a equipe já entra em regime de concentração. Durante o período, ficará hospedada em um hotel na capital paulista.

Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2015 | 20h32

O objetivo, segundo a comissão técnica, é não apenas blindar os jogadores, "mas oferecer a eles um conforto maior, com uma alimentação especial". O técnico Estevam Soares admite que ficar longe da família por alguns dias "é um sacrifício necessário neste momento" porque vale uma vaga na Série B, em 2016.

Antes, parte do elenco segue para Campinas, onde será realizado um jogo-treino contra a Ponte Preta, na manhã deste sábado. A tendência é que jogadores que não disputaram a partida em Goiânia participem da atividade. Os atletas folgam no domingo e na segunda-feira começa a bateria de treinamentos no Canindé, que deve ser aberta à torcida.

Para o jogo, que vale o acesso à Série B, Estevam Soares tem um desfalque certo. O meia Victor Bolt recebeu o terceiro cartão amarelo e vai cumprir suspensão. O treinador ainda não indicou quem deve ser o substituto, mas existe a possibilidade de optar por mais de uma alteração. Boquita, por exemplo, teve um bom desempenho e aparece como um nome forte para integrar o time titular.

Com a derrota no primeiro jogo, a Portuguesa precisa vencer o Vila Nova por dois ou mais gols de diferença para garantir a classificação. Um empate com gols classifica o time goiano e uma vitória da equipe paulista por 1 a 0 leva a definição para os pênaltis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaEstevam Soares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.