Portuguesa goleia o Avaí por 4 a 1

Em sua melhor exibição no ano, a Portuguesa goleou o Avaí por 4 a 1, nesta sexta-feira, no Canindé, reabilitando-se no Campeonato Brasileiro da Série B. Depois de três derrotas seguidas, para Mogi Mirim, Palmeiras e União São João, a equipe aproveitou bem as chances de gol para conquistar o resultado positivo, que reacende as esperanças de classificação para a próxima fase da competição. Sem contar os jogos de sábado e domingo, a Lusa subiu para o 8º lugar, com 25 pontos em 18 jogos.A Portuguesa não perdeu tempo e foi logo para o ataque. Aos 2 minutos, Danilo, que ganhou nova chance na equipe, fez jogada individual e foi derrubado na entrada da área. Sérgio Manoel cobrou por cima da barreira, sem chance de defesa para Gustavo: Lusa 1 a 0.Aos nove minutos, o técnivo Heriberto da Cunha perdeu um jogador importante: Ricardo Lopes, com uma torção no joelho esquerdo, saiu, para a entrada de Bruno.Depois de sofrer o gol, o Avaí foi para cima. Com uma boa marcação no meio-campo, o time catarinense criou algumas chances para empatar o jogo, principalmente pelas laterais, através de Sérgio Gomes, na direita, e Fábio Vidal, pela esquerda.Mas foi a Portuguesa que ampliou o placar, aos 21 minutos. Müller fez boa jogada pela esquerda e tocou para Cláudio, na linha de fundo. O lateral cruzou para Marcos Denner, de cabeça, fazer o segundo da equipe.Apesar da vitória parcial, a equipe do Canindé não teve tranqüilidade e continuou dando espaços ao Avaí. Aos 31, Marcelinho cobrou falta na entrada da área, a bola passou com perigo e assustou o goleiro Gléguer.A melhor chance do Avaí aconteceu aos 35 minutos. Na cobrança de escanteio pela esquerda, a defesa falhou, a bola bateu em Celso quase em cima da linha e sobrou para o goleiro Gléguer defender.Nos acréscimos, a Portuguesa aproveitou mais uma oportunidade. Sérgio Manoel cruzou da direita e encontrou o zagueiro César, livre, que de cabeça, marcou o terceiro, aos 47 minutos.No segundo tempo, a Portuguesa valorizou a posse de bola. E ampliou o resultado aos 26 minutos, em outro cruzamento de Cláudio, pela esquerda. Marcos Denner, novamente livre, tocou de cabeça, balançando as redes pela segunda vez no jogo - foi seu 11º gol na competição.Aos 36 minutos, Fábio Vidal foi expulso por agredir Celsinho e praticamente acabou com as chances de reação do Avaí. Mas o time catarinense ainda diminuiu o placar, aos 40, em uma cobrança de pênalti de Celso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.