Portuguesa leva virada do América-RN no Canindé

A Portuguesa foi surpreendida pelo ameaçado América-RN neste sábado, no Estádio Canindé. Depois de abrir 1 a 0 no placar, o time da casa sofreu a virada em apenas seis minutos no segundo tempo, pela 31.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

23 de outubro de 2010 | 18h54

Com este resultado, a Portuguesa ficou mais distante do acesso à Série A. Estacionou nos 46 pontos, em sexto lugar. Já o time visitante segue na briga para escapar do rebaixamento. Apresenta apenas 32 pontos, na provisória 18.ª colocação.

A Portuguesa começou melhor e tomou a iniciativa da partida. Depois de alguns lances de perigo, abriu o placar aos 16 minutos. Após cruzamento na área, o volante Robson derrubou o atacante Zé Carlos na área. O próprio Zé Carlos foi para a cobrança e deixou os donos da casa em vantagem.

Após o gol, a Lusa cedeu espaço ao América, que quase chegou ao empate aos 30 minutos. Vélber arriscou de fora da área e a bola passou rente à trave. Na sequência, após cruzamento, Marcelo Braz tentou de cabeça, mas a defesa da Lusa afastou o perigo em cima da linha.

Sem o mesmo ritmo da etapa inicial, a equipe anfitriã caiu de ritmo no segundo tempo e acabou sofrendo a virada. Aos 31 minutos, Rone Dias arriscou de fora da área e surpreendeu o goleiro Weverton.

Sem muito tempo para comemorar, o América virou o jogo aos 37 minutos. Após cobrança de falta na área, o lateral Waderson Cafu apareceu livre, no segundo pau, e testou com força para o fundo das redes.

O América-RN volta ao gramado no próximo sábado, às 21 horas, contra o Ipatinga, em Natal. Na sexta-feira, a Portuguesa joga contra o ASA, em Arapiraca-AL.

Ficha Técnica:

Portuguesa 1 x 2 América-RN

Portuguesa - Weverton; Paulo Sérgio, Domingos, Preto Costa e Guigov; Ademir Sopa (Henrique), Rai, Marco Antônio e Malaquias (Fabinho); Luís Ricardo e Zé Carlos (Athirson). Técnico: Sérgio Guedes.

América-RN - Tuti; Waderson Cafu, Cléber, Edson Rocha e Berg; Robson (Aírton), Elielton, Everton e Vélber (Rone Dias); Marcelo Braz e Vavá (Washington). Técnico: Dado Cavalcanti.

Gols - Zé Carlos (pênalti), aos 16 minutos do primeiro tempo. Rone Dias, aos 31, e Waderson Cafu, aos 37 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Athirson, Rai, Paulo Sérgio (Portuguesa); Robson, Marcelo Bras, Rone Dias e Tuti (América-RN).

Árbitro - Marielson Alves Silva (BA).

Renda - R$ 36.000,00.

Público - 2.227 pagantes.

Local - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.