Portuguesa mantém discurso cauteloso

Ainda nos vestiários festivos da Portuguesa no Estádio dos Aflitos, o técnico Giba procurou conter a euforia do elenco, mesmo com a importante vitória sobre o Náutico, por 1 a 0, que deixou nas mãos da Lusa uma vaga no quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série B. Cauteloso, porém, o técnico prefere manter um discurso muito realista."Esta vitória não vai alterar nossos planos: vamos continuar trabalhando jogo a jogo, dando um passo de cada vez. Reconheço, é claro, que demos um largo passo para atingir nosso objetivo", explicou Giba que voltou a elogiar o empenho de seus jogadores e a aplicação tática do grupo. Além, é claro, dos destaques individuais, como Cléber, que marcou o gol da vitória, e o goleiro Gléguer, que defendeu duas cobranças de penalidades máximas já nos acréscimos.A Portuguesa ficou numa situação favorável, porque além de chegar aos seis pontos dentro do Grupo B, fará dois jogos em casa no returno, justamente os próximos, diante do Náutico e depois contra o Marília. O time fechará a semifinal em Campinas, diante do Guarani. "Vamos nos concentrar neste jogo com o Náutico, sempre pensando em vencer", garante o técnico, que também já avisou que não vai definir a escalação tão cedo. Em Recife, ele surpreendeu ao atuar com três zagueiros e ainda em colocar Nenê, outro zagueiro, protegendo a defesa. Para o jogo da próxima quarta-feira, no Canindé, o volante Almir, que cumpriu suspensão automática, estará à disposição. Os jogadores se apresentam na segunda-feira cedo no clube, treinando em dois períodos e já iniciando o regime de concentração.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.