Portuguesa não se assusta com goleada do Flamengo

Com a semana toda para treinar, a Portuguesa aproveitou a noite de quarta para observar o Flamengo, seu adversário deste domingo, com muita atenção. E ninguém se surpreendeu pela vitória do time rubro-negro sobre o Botafogo por 4 a 0, mas todos consideraram o resultado elástico demais. Nem por isso há temor nos lados do Canindé.

AE, Agência Estado

24 de outubro de 2013 | 21h05

"O Flamengo por si só é uma grande força. E agora está com o moral elevado porque derrubou um rival e chegou às semifinais da Copa do Brasil", comentou o experiente meia Souza, prometendo uma Portuguesa "unida e com muita disposição" na Arena Castelão. Com 38 pontos, a equipe ocupa a 13.ª posição.

O mando é do time paulista, mas o duelo vai acontecer em Fortaleza porque a expectativa é de uma grande renda. Com isso, a diretoria espera minimizar os débitos com os jogadores, por enquanto com dois meses de direitos de imagens em atraso.

O técnico Guto Ferreira também se surpreendeu pelo placar no clássico carioca, mas fez questão de dizer que "o Flamengo mereceu vencer". Sobre o placar, lembrou que isso às vezes acontece, quando um time fica dois gols atrás e tenta reverter a situação. A Portuguesa já viveu os dois lados da moeda. Goleou o Corinthians por 4 a 0, mas depois levou 4 a 0 do Cruzeiro.

Com relação ao time, o técnico não vê problema para montá-lo. "Nós temos feito um rodízio com alguns jogadores, justamente para não perder ninguém. É até possível que a gente faça alguma mudança. Nada demais", minimizou. O principal reforço será volta do atacante Gilberto, vice-artilheiro do Brasileirão com 14 gols. Ele cumpriu suspensão automática no empate com o Vitória, na última rodada. Luis Ricardo, que atuou mais na frente, deve voltar à ala direita.

As baixas estão na defesa, com o zagueiro Moisés Moura e o lateral-esquerdo Rogério suspensos com três cartões amarelos. Seus substitutos estão praticamente definidos. Lima entra na defesa ao lado de Valdomiro e Bryan, ex-América-MG, entra na esquerda. No meio de campo, dentro do planejamento de revezamento, Willian Arão pode ser poupado e Ferdinando entra em seu lugar. O polivalente Corrêa, que atuou na lateral, também pode aparecer na posição.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.