Portuguesa perde para o CRB e se complica

A Portuguesa voltou a jogar mal fora de casa e perdeu para o CRB por 2 a 0, nesta sexta-feira, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Com o resultado, a equipe paulista caiu para o 11º lugar na classificação da Série B do Campeonato Brasileiro e ficou mais longe da próxima fase. O time, que ainda não venceu nenhuma partida fora do Canindé, tem mais quatro adversários: Santa Cruz, Joinville, América-MG e Sport. Para se classificar, precisará vencer todos os compromissos e torcer por uma combinação de resultados.O CRB começou melhor, pressionou a saída de bola da Portuguesa, e criou várias chances para abrir o placar. Logo a um minuto, Claudinho recebeu na entrada da área e teve liberdade para chutar. A bola passou perto do gol. Quatro minutos depois, o mesmo Claudinho fez jogada individual e bateu à queima-roupa, dando trabalho para o goleiro Gléguer.Aos 7, Claudinho cobrou falta na cabeça do volante Wagner Wesley. A bola passou por cima. Wagner não desistiu e aos 11 minutos apareceu no ataque, dominou na entrada da área, bateu com perigo e assustou Gléguer. A Portuguesa conseguiu articular poucas jogadas de ataque e dificilmente passava do meio-campo. Quando conseguia, errava passes e perdia a bola, ainda na intermediária. Os visitantes criaram a primeira chance de gol aos 29 minutos. André Luís tabelou com Danilo, que bateu por cima do gol. Aos 34, o time da casa desperdiçou sua melhor chance do primeiro tempo. Na cobrança de um escanteio pela esquerda, a bola sobrou para Samuel, que tocou livre, de voleio, para fora.Na segunda etapa, o panorama não mudou. O CRB pressionava, mas sem a mesma vontade. A Portuguesa tentou reagir aos 8 minutos. Marcos Denner tabelou com Cláudio, que recebeu dentro da área e bateu forte. O goleiro Santos espalmou para escanteio. A pressão do time alagoano deu resultado aos 10 minutos. Em uma boa jogada do ataque, o lateral Marcelo Cardoso avançou e acertou um belo chute de fora da área, no canto de Gléguer: CRB 1 a 0.Depois de abrir o placar, o time da casa diminuiu o ritmo, mas a Portuguesa não aproveitou. O técnico Heriberto fez alterações e tentou tornar o time mais ofensivo, com Nem e Celsinho nos lugares de Danilo e Bruno, respectivamente, mas a equipe mostrou pouca disposição para atacar. A situação ficou ainda pior com a expulsão do meia Sérgio Manoel, por reclamação, aos 32 minutos.Mesmo sem forçar o ritmo, o CRB ampliou, aos 39 minutos. Em nova jogada rápida do ataque, Lau dominou sem marcação e bateu forte, de fora da área, sem chance para Gléguer. A Portuguesa voltará a campo dia 9, contra o Santa Cruz, no Canindé, e deverá ter as voltas do volante Ricardo Lopes e do atacante Müller, que se recuperam de contusões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.